Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Massa monetária sobe pela primeira vez desde Novembro

A massa monetária, M3, aumentou em Junho pela primeira vez desde Novembro do ano passado. O crédito a residentes na área do euro aumentou 1,5%, menos que os 1,7% verificados em Maio, com o financiamento ao sector privado a estagnar.

Negócios negocios@negocios.pt 27 de Julho de 2010 às 19:38
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
O M3 aumentou 0,2% em Junho face a igual mês do ano anterior, o que acontece pela primeira desde Novembro do ano passado, revelou hoje o BCE no comunicado sobre a Evolução Monetária da Área do Euro. Em Maio, mês em que a Zona Euro esteve sob elevada pressão financeira e desconfiança dos mercados, o M3 caiu 0,1%.

O M3 é um agregado monetáro em que estão integrados a circulação monetária (notas e moedas), os depósitos 'overnight', à ordem e a prazo e os instrumentos negociáveis. O BCE costumava usar esse agregado para antecipar pressões inflacionistas.

A circulação monetária aumentou 6,9% em Junho face a igual período do ano anterior, uma taxa ligeiramente mais elevada que em Maio (6,8%).

A taxa de crecsimento do crédito a residentes na área do euro aumentou 1,5% em Junho, menos que os 1,7% registados em Maio. O crédito às administrações públicas cresceu 8,1% em Junho (9,4% em Maio) e o que foi concedido ao sector privado estagnou (zero por cento), tendo registado em Maio um aumento marginal de 0,1%.
Ver comentários
Outras Notícias