Crédito Novas operações de crédito à habitação acima de 800 milhões pelo segundo mês

Novas operações de crédito à habitação acima de 800 milhões pelo segundo mês

O montante financiado em novo crédito para a compra de casa superou, em abril, os 800 milhões de euros. Ainda assim ficou abaixo do valor emprestado um mês antes.
Novas operações de crédito à habitação acima de 800 milhões pelo segundo mês
Patrícia Abreu 11 de junho de 2019 às 11:32

As novas operações de crédito à habitação superaram, pelo segundo mês, os 800 milhões de euros, em abril, segundo os dados divulgados pelo Banco de Portugal, esta terça-feira. O valor financiado representa um aumento de cerca de 3% face a igual período do ano passado, mas é inferior aos empréstimos concedidos em março.

Os bancos nacionais financiaram 804 milhões de euros para a compra de casa, em abril. Segundo os dados do Banco de Portugal, este número representa uma queda de 7,6% face aos 870 milhões de euros financiados um mês antes. Face ao período homólogo regista-se um crescimento de perto de 3%.

No acumulado dos primeiros quatro meses do ano, as novas operações de crédito à habitação somam 3.155 milhões de euros, um montante que supera em mais de 6% os 2.969 milhões emprestados em igual período de 2018.

O ritmo de crescimento do novo crédito para a compra de casa tem vindo a abrandar nos últimos meses. Ainda assim, as instituições financeiras continuam a apostar neste segmento, num ambiente que continua muito competitivo. Desde o início do ano, a maioria dos bancos já anunciou descidas de "spreads". O último a rever a margem cobrada aos seus clientes foi o BPI, ao baixar a taxa mínima para 1,2%.

O crédito ao consumo e o crédito para outros fins também registaram uma evolução negativa. As novas operações de crédito ao consumo atingiram 363 milhões de euros, em abril, o que compara com os 388 milhões financiados pelos bancos para esta finalidade um mês antes.

Já o crédito para outros fins atingiu 159 milhões de euros. Em abril, as novas operações para esta finalidade tinham alcançado os 192 milhões de euros. No total, os bancos financiaram, em abril, as famílias em 1.326 milhões de euros.

Menos crédito às empresas

O financiamento às empresas também baixou em abril. Nas operações até um milhão de euros foram  financiados 1.464 milhões de euros, menos 142 milhões de euros que os 1.606 milhões emprestados em março. Já as grandes empresas financiaram-se em 915 milhões de euros, um valor que fica 10,5% abaixo do valor que angariaram junto do setor financeiro um mês antes.

No acumulado dos quatro meses, os bancos concederam 9.749 milhões de euros em crédito às empresas, um valor que supera os 9.932 financiados entre janeiro e abril de 2018.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI