Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Schäuble alerta para o perigo de se esperar demais do BCE

Na semana em que Mario Draghi irá anunciar os planos do Banco Central Europeu, ministro das Finanças alemão, diz que o banco central não pode financiar os orçamentos dos Estados, nem ir além do seu mandato.

Rita Faria afaria@negocios.pt 03 de Setembro de 2012 às 10:54
  • Assine já 1€/1 mês
  • 5
  • ...
O ministro das Finanças alemão, Wolfgang Schäuble, alertou hoje para os perigos de colocar demasiada expectativa nos planos de compra de dívida do Banco Central Europeu (BCE), numa altura em que persitem sinais de pressão nos mercados sobre os juros da dívida ("yields") de Itália e Espanha .

Em entrevista à rádio alemã Deutschlanfunk”, Schäuble sublinhou que quaisquer que sejam as propostas anunciadas pelo presidente do BCE, Mario Draghi, no próximo dia 6 de Setembro, estas devem estar enquadradas no mandato do banco central. E a Alemanha não vai aceitar que o BCE financie os orçamentos dos Estados, acrescentou.

“Temos de ter muito cuidado para não gerar falsas expectativas”, disse o ministro das Finanças alemão. “Tem de ficar muito claro que a dívida dos Estados não pode ser financiada através da política monetária. Portanto, não podemos ter uma decisão – acharíamos muito errado – que não está coberta pelo mandato do BCE”.

Os líderes europeus aguardam os detalhes do plano do BCE, que serão anunciados na próxima quinta-feira, e uma decisão do Tribunal Constitucional da Alemanha, na próxima semana, que irá determinar se o novo fundo de resgate – o Mecanismo Europeu de Estabilidade (sucessor do actual Fundo Europeu de Estabilidade) – viola ou não as competências do Bundestag, parlamento germânico.
Ver comentários
Saber mais Wolfgang Schaeuble Alemanha BCE Mario Draghi
Outras Notícias