Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Taxa de juro média no crédito à habitação pela primeira vez abaixo de 1,5%

Descida das taxas Euribor está a pressionar em baixa a prestação do crédito à habitação dos portugueses. O juro que os bancos cobram nos novos contratos está também cair.

Nuno Carregueiro nc@negocios.pt 25 de Março de 2013 às 11:54
  • Partilhar artigo
  • ...

A taxa de juro implícita nos contratos de crédito à habitação situou-se em 1,483% no mês de Fevereiro, descendo pela primeira vez abaixo da fasquia de 1,5%, de acordo com os dados disponibilizados pelo Instituto Nacional de Estatística.

 

A queda em Fevereiro foi de 0,054 pontos percentuais e compara com o registo de 1,537% de Janeiro deste ano.

 

Esta taxa, que representa uma média dos juros que os portugueses pagam pelo crédito à habitação, está a cair desde Dezembro de 2011, reflectindo a descida das taxas Euribor ao longo do último ano. Neste período a taxa de juro reduziu-se em 1,231 pontos percentuais.

 

As Euribor têm vindo a subir no presente ano. A taxa a três meses, que terminou 2012 nos 0,187%, foi hoje fixada nos 0,214%. A melhoria da confiança entre os bancos na Zona Euro, com um alívio da crise da dívida, tem impulsionado a subida destas taxas que os bancos utilizam nas operações que praticam entre si. Ainda assim, face a Fevereiro do ano passado, a Euribor a 3 meses registou uma quebra acentuada, pois nessa altura situava-se acima de 1%.

 

Em resultado desta queda da taxa de juro, a prestação média para a totalidade dos contratos de crédito à habitação dos portugueses caiu 2 euros em Fevereiro, situando-se em 261 euros.

Para os novos contratos, apesar de reflectir os “spreads” mais gravosos cobrados pelos bancos, a taxa de juro média também está em queda, embora ainda acima do mínimo de observado em Maio de 2010.

 

Nos contratos celebrados nos últimos 3 meses, a taxa de juro implícita diminuiu 0,049 pontos percentuais, comparativamente com a taxa observada no mês anterior, fixando-se em 3,247%. Em Fevereiro do ano passado esta taxa estava em 4,439%. Para o conjunto dos contratos de crédito à habitação, celebrados nos últimos 3 meses, o valor médio da prestação fixou-se nos 312 euros, diminuindo 9 euros em relação a Janeiro.

Ver comentários
Saber mais crédito à habitação INE juros Euribor
Outras Notícias