Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Taxas Euribor voltam a renovar mínimos históricos

Taxas interbancárias voltam a descer em todas as maturidades, após a semana passada o Banco Central Europeu (BCE) ter decidido manter a taxa de juro de referência em 0,75%.

Negócios 12 de Novembro de 2012 às 10:35
  • Partilhar artigo
  • 1
  • ...
A taxa a seis meses, a mais utilizada no crédito à habitação em Portugal, recuou 0,03 pontos base para 0,363%. Isto significa que as prestações mensais das famílias diminuem e por sua vez as remunerações dos depósitos bancários descem. A Euribor a três meses volta a cair 0,01 pontos base para 0,192%. Nas maturidades mais longas manteve-se a tendência de queda, com a taxa a nove meses a recuar 0,03 pontos base para 0,478% e a taxa a 12 meses a desvalorizar 0,02% para 0,587%.

Ao fim de quatro sessões, a taxa a um mês desceu 0,01 pontos base para 0,108%.

Na semana passada o BCE decidiu manter a taxa de juro de referência no mínimo histórico de 0,75%.

As Euribor são taxas interbancárias ou seja, taxas a que os bancos estão dispostos a emprestar dinheiro a outros bancos, na Zona Euro. Com a taxa de depósitos em -0,25% e a cedência de liquidez aos bancos, devido a financiamentos de mil milhões de euros em Dezembro e Fevereiro, a expectativa é que as Euribor continuem em mínimos históricos.

Com a crise da dívida e consequente empréstimos por parte do BCE a juros mais baixos, as taxas Euribor devem continuar em mínimos históricos. Até porque a expectativa é de que a autoridade monetária não suba tão cedo a taxa de referência, bem pelo contrário. Os analistas acreditam que o BCE ainda deve voltar a descer os juros na Zona Euro.
Ver comentários
Saber mais Juros Euribor crédito BCE mercados
Outras Notícias