Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

5 coisas que precisa de saber para começar o dia

As atenções estão hoje centradas em Argel, onde vai decorrer a reunião informal da OPEP. Mas também em Berlim e Londres (onde Draghi marcará presença) bem como nos Estados Unidos, para avaliar os discursos de vários responsáveis da Fed. O BCP também deverá estar em destaque.

Ibraheem Al Omari/Reuters
Nuno Carregueiro nc@negocios.pt 28 de Setembro de 2016 às 07:30
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
Fusão de acções do BCP

A fusão de acções do BCP foi aprovada. O BCP vai avançar com o reagrupamento de acções. Tendo em conta os termos da operação já aprovados pelos accionistas, serão fundidos 75 títulos num só. A preços de mercado, a cotação passaria para 1,1275 euros. O conselho de administração vai prosseguir com as negociações com a Fosun.


Reunião da OPEP 

Decorre esta quarta-feira a reunião informal da OPEP, para decidir sobre o congelamento da produção nos níveis actuais. Apesar das indicações contrárias dadas pela Argélia, onde vai decorrer o encontro, os maiores produtores de petróleo do mundo deverão encerrar a reunião sem qualquer acordo. O Irão diz mesmo que quer aumentar a produção. Um desfecho previsível que já se reflectiu nas cotações da matéria-prima na última sessão, com o Brent a afundar mais de 3%. Ainda assim, o evento deverá marcar o rumo da matéria-prima na sessão de hoje e não só, já que a correlação do petróleo com as bolsas é cada vez maior.


Draghi em Berlim

Numa altura em que a banca alemã está no "olho do furacão" – o Deutsche Bank colecciona mínimos históricos na bolsa e o Commerzbank prepara um plano para eliminar 9 mil empregos – o presidente do BCE desloca-se a Berlim. Mario Draghi vai estar reunido esta tarde com deputados alemães e a saúde das instituições financeiras será certamente um dos temas em debate. A reunião no Bundestag vai ser à porta fechada, mas umas horas antes (em Londres) o presidente do BCE estará num evento público. Que poderá aproveitar para, tal como Merkel fez na terça-feira, fazer uma curta declaração sobre a banca alemã.



Bens duradouros nos EUA
A sessão de terça-feira nos mercados bolsistas europeus caminhava para fechar com um vermelho carregado, até que foram divulgados dados nos Estados Unidos que apontam para uma recuperação da maior economia do mundo, o que dá maior tranquilidade ao mercado quanto ao impacto da subida de taxas de juro que deverá ocorrer em Dezembro. Para confirmar a robustez da economia norte-americana, esta quarta-feira será conhecida a evolução das encomendas de bens duradouros em Agosto. As previsões dos economistas apontam para que o departamento do Comércio anuncie às 13:30 que este indicador recuou pelo terceiro mês nos últimos quatro. 


Dia agitado na Fed
O cenário central nos mercados aponta para a subida de juros da Fed na reunião de Dezembro, mas é sempre importante ouvir os responsáveis do banco central para avaliar qual o sentimento. E esta quarta-feira são quatro os responsáveis de política monetária com discursos previstos: James Bullard, Charles Evans, Loretta Mester e Esther George.

Outras Notícias