Mercados 5 coisas que precisa de saber para começar o dia

5 coisas que precisa de saber para começar o dia

Esta sexta-feira as acções da Sonae vão estar a reagir ao aumento dos lucros no primeiro trimestre, que ficaram acima das expectativas dos analistas. No dia em que os CTT e a Toyota Caetano começam a pagar os dividendos, teremos ainda por cá em destaque uma conferência sobre banca e seguros.
5 coisas que precisa de saber para começar o dia
Carla Pedro 18 de maio de 2018 às 07:30
Sonae reage aos resultados trimestrais

A Sonae lucrou 20 milhões de euros no primeiro trimestre deste ano, o que compara com 8 milhões de resultados há um ano, ficando acima das expectativas dos analistas do BPI, que apontavam para um aumento de 77% do resultado líquido - para 15 milhões de euros.

A "holding" da família Azevedo reportou ontem as suas contas após o fecho da bolsa nacional, pelo que as acções estarão a reagir na sessão de hoje a estes números.


 

INE divulga síntese económica de conjuntura

Por cá, o Instituto Nacional de Estatística (INE) divulga a síntese económica de conjuntura, em Abril, bem como os índices de preços na produção industrial, também relativos a Abril.

No resto do mundo, destaque para a inflação no Japão e no Canadá, bem como para o saldo orçametal na Argentina.


 

Banca e seguros em debate

O governador do Banco de Portugal, Carlos Costa, o CEO do Lloyds Banking Group, António Horta Osório, o CEO do Novo Banco, António Ramalho, entre outros nomes do sector financeiro, participam na conferência que hoje decorre em Lisboa, a partir das 08:00, dedicada ao tema "Banca e seguros: o futuro do dinheiro".


 

Energia em destaque nos EUA e na Rússia

A Baker Hughes, fornecedora norte-americana de serviços a campos petrolíferos, divulga hoje o relatório semanal sobre o número de plataformas de petróleo e gás nos Estados Unidos. As cotações do crude contnuaram ontem a negociar em alta, tendo o Brent do Mar do Norte superado os 80 dólares por barril em Londres.

Ainda na energia, o presidente russo, Vladimir Putin, e a chanceler alemã, Angela Merkel, reúnem-se em Sochi para debaterem o tema da Ucrânia e das exportações de gás natural da Rússia.


 

S&P avalia dívida da Holanda e Moody’s a da Dinamarca

A dívida soberana da Holanda poderá ser reavaliada pela agência de rating S&P, que poderá também pronunciar-se sobre a Suíça. Já a Moody’s poderá ter uma palavra a dizer sobre a Dinamarca.

Os relatórios sobre os ratings e perspectivas para as dívidas soberanas podem não ser publicados, uma vez que o calendário de eventuais revisões das notações soberanas é apenas indicativo. 

 




A sua opinião2
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
comentar
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentários mais recentes
Asdrubal Souto Há 4 dias

MASSA BRUTA Há 35 minutos
boa noite, isto é o que eu penso....
é normal infelizmente o que se está a passar com o bcp
bcp já não está em 2017 em que saiu forte do aumento de capital, e que acompanhou os Eua
agora o bcp acompanha os outros bancos europeus
aqui na espanha o santander tombou 2,73%%
e o bbva caiu 1,89%
bcp a quebrar cerca de 4%
portanto as quebras bancarias são gerais
se a europa a nivel bancario subir o bcp subirá
se descer, descerá o bcp também
está será a sina do bcp
que já vem desde o principio de 2018, altura que em janeiro subio muito , igualmente os outros bancos na europa, mas partir de 28 de Janeiro os bancos começaram a corrigir fortemente.
isto que está a acontecer nada tem a ver com ópas, reforço da fosum em baixa,etc etc nada nada disto.
tem a ver sim com a tendencia dos bancos actualmente na europa que andam articulados
pode ser que essa tendencia no "segundo semestre" de 2018 mude e começe a subir o bcp....
cumprimentos
bom fim de semana

Asdrubal Souto Há 5 dias

Petroleo sobe, obras para a mota a aparecerem. Mota sobe tbm.