Mercados 5 coisas que precisa de saber para começar o dia

5 coisas que precisa de saber para começar o dia

Esta quinta-feira fecha o livro de ordens do aumento de capital da Vista Alegre. Os resultados só são anunciados após o encerramento da bolsa nacional, mas ontem o Negócios já sabia que as ofertas dos investidores já superavam as ações em oferta.
5 coisas que precisa de saber para começar o dia
Negócios 05 de dezembro de 2019 às 07:30
Vista Alegre garante aumento de capital ao preço mais baixo

A Vista Alegre já tem garantido o aumento de capital que iniciou ontem no mercado, com o livro de ordens a cobrir já os mais de 15,2 milhões de ações da cotada que foram oferecidas aos investidores, apurou o Negócios já depois do fecho da bolsa.


A empresa tinha informado de manhã que a administração havia aprovado um aumento de capital através de "novas entradas em dinheiro", com as novas ações representativas de 10% do capital a serem vendidas a "investidores particulares qualificados", através de um "processo de accelerated bookbuilding".

 

O livro de ordens, segundo apurou o Negócios, vai fechar esta quinta-feira às 13h00 (hora de Lisboa), sendo que só depois será fixado o preço final de venda das ações. As condições finais da operação serão reveladas após o fecho da sessão. O preço de subscrição das novas ações foi fixado entre 1,00 e 1,15 euros, sendo que cada investidor terá de aplicar um mínimo de 100 mil euros na operação.

 

Nos é a única portuguesa na lista de preferidas da JB Capital Markets

A JB Capital Markets atualizou a sua lista de ações preferidas na Península Ibérica, mantendo a Nos como a única portuguesa entre as "iberian top picks". Numa nota com data de 4 de dezembro, a que o Negócios teve acesso, a unidade de research adicionou a Aedas e Banco Sabadell à lista de preferidas, por troca com a Grifols e a Inditex.

 

A CIE Automotive, a Nos, a Sacyr e a Pharma Mar completam a lista de preferidas, que tinha sido atualizada pela última vez a 10 de setembro. As seis cotadas têm uma recomendação de "comprar", sendo que o preço-alvo atribuído à Nos (6,5 euros) tem implícito um potencial de valorização de 31,9%, o mais baixo entre as "top picks". A empresa portuguesa apresenta contudo o dividendo mais rentável, acima de 8%.

 

OPEP decide nível de produção

Os membros da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP) reúnem-se hoje em Viena para decidirem a política de produção futura dos maiores produtores de petróleo. Amanhã juntam-se os aliados do cartel no plano de corte da oferta, denominado grupo OPEP + (onde se inclui a Rússia), para uma decisão final.

 

Há várias projeções que vão no sentido de sair da reunião uma extensão dos cortes de produção, mas há quem admita que o grupo pode ir mais longe, aumentando a quantidade a reduzir.

 

Preço da Saudi Aramco é conhecido

Esta quinta-feira ficará a saber-se que a Saudi Aramco entra para história – para já, como o maior IPO (oferta pública inicial) de sempre. Neste dia é revelado o preço a que as ações serão colocadas na bolsa da Arábia Saudita.

 

O governo saudita planeia arrecadar mais de 25 mil milhões de dólares com a venda de uma participação de 1,5% na maior produtora mundial de petróleo.

 

Evolução do PIB e do emprego na Zona Euro

O Eurostat vai apresentar esta quinta-feira, 5 de dezembro, os dados sobre a evolução do Produto Interno Bruto (PIB) na Zona Euro, bem como a evolução do emprego nesta geografia durante o terceiro trimestre deste ano.

 

Ainda na Europa, destaque também para os dados das encomendas à indústria na Alemanha, para a confiança do consumidor em Espanha e para o PIB da Grécia.

 

Nos EUA teremos os números da balança comercial, das encomendas de bens duradouros e dos pedidos de subsídio de desemprego na semana passada.

 




Marketing Automation certified by E-GOI