Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

5 coisas que precisa de saber para começar o dia

Esta quarta-feira o IGCP regressa ao mercado, para uma emissão de dívida de curto prazo. É também o dia em que a Merlin Properties entra na bolsa portuguesa e em que os EUA e a China assinam o acordo comercial de “fase um”.

Negócios jng@negocios.pt 15 de Janeiro de 2020 às 07:30
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
Merlin admitida à negociação na Euronext Lisbon

A espanhola Merlin Properties começa hoje a negociar no mercado regulamentado da Euronext Lisbon – que anunciou ontem que serão admitidas à negociação 470 milhões de ações da empresa.

 

A Merlin Properties, que atua na área do imobiliário, está cotada na bolsa espanhola e a seua capitalização bolsista no arranque desta semana era de 5,8 mil milhões de euros.

 

EUA e China assinam acordo comercial parcial

Os Estados Unidos e a China deverão assinar esta quarta-feira o acordo comercial parcial, um evento no qual estará presente o presidente dos EUA, Donald Trump, e o vice-primeiro-ministro da China, Liu He.

 

Este chamado acordo de "fase um" deverá reduzir as tarifas e impulsionar as compras chinesas de produtos agrícolas, energéticos e manufaturados dos EUA, ao mesmo tempo que aborda algumas disputas sobre propriedade intelectual.

 

Portugal emite dívida de curto prazo

A República Portuguesa regressa ao mercado com uma emissão de dívida de curto prazo. O IGCP - Agência de Gestão de Tesouraria e da Dívida Pública realiza um leilão de dívida a seis meses e um ano, tendo como objetivo angariar entre 1.500 e 1.750 milhões de euros.

 

Esta será a segunda emissão do ano do IGCP, depois de na semana passada ter sido realizada a habitual emissão sindicada do início do ano.

 

Jerónimo Martins aumentou vendas em 2019

A Jerónimo Martins fechou o ano de 2019 com vendas de 18,6 mil milhões de euros, o que traduz um aumento de 7,5% face ao ano anterior, segundo os dados preliminares revelados ontem pela empresa já depois do fecho da bolsa nacional. O LfL (vendas comparáveis) do conjunto do ano foi de 5,3%, abaixo do aumento de 6,9% referente ao quarto trimestre.

 

A sustentar o crescimento das vendas do grupo - que ficaram ligeiramente acima das estimativas dos analistas consultados pela Bloomberg, de 18,51 mil milhões – esteve sobretudo o desempenho da unidade polaca, a Biedronka.

 

Banca americana prossegue reporte de contas. E há mais dados económicos

Prossegue nos Estados Unidos a apresentação de resultados da banca. Depois de o JPMorgan e o Citigroup terem divulgado ontem os seus números, hoje será a vez do Goldman Sachs e do Bank of America.

 

Ainda nos EUA, a Administração de Informação em Energia (IEA, na sigla original, que está sob a tutela do Departamento norte-americano da Energia) divulga os dados relativos aos inventários de crude do país na semana passada, bem como os stocks de destilados e gasolina.

 

Por cá, o Instituto Nacional de Estatística (INE) revela os dados da atividade turística em novembro. Ainda na Europa, destaque para os valores da inflação em França, Espanha e Reino Unido no mês de dezembro, bem como para dois indicadores de novembro da Zona Euro: produção industrial e balança comercial.

 

Ver comentários
Outras Notícias