Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

5 coisas que precisa de saber para começar o dia

Esta quarta-feira os investidores continuarão especialmente atentos ao grupo EDP, cujas ações conseguiram recuperar vigor na sessão de ontem. É também o último dia para a Benfica SAD aumentar o valor da emissão obrigacionista.

Negócios jng@negocios.pt 08 de Julho de 2020 às 07:30
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
EDP regressa à negociação e dispara

As ações da EDP e da EDP Renováveis (EDPR) fecharam ontem em forte alta, com os investidores a reagiram de forma positiva às escolhas das empresas para substituírem António Mexia e João Manso Neto, confiando que Miguel Stilwell e Rui Teixeira vão manter a execução do plano estratégico. Os títulos também beneficiaram com uma nota de research positiva, com o banco de investimento internacional Berenberg a recomendar aos clientes a compra de ações da EDP e também da EDPR. O dia até começou no vermelho para as duas cotadas, que regressaram à negociação tal como estavam na segunda-feira quando os títulos foram suspensos por determinação da CMVM, devido às notícias de que António Mexia e João Manso Neto tinham sido suspensos de funções. Contudo recuperaram terreno ao longo da sessão e fecharam mesmo em forte alta. A EDP subiu 4,14% para 4,525 euros, tendo negociado mais de 12 milhões de títulos. A EDP Renováveis avançou 4,94% para 13,96 euros, alcançando um máximo de 5 de março.

Fim do prazo para Benfica SAD aumentar valor da emissão 

Esta quarta-feira finda o prazo para a Benfica SAD aumentar, por sua opção, o montante de Obrigações Benfica SAD 2020-2023 a emitir. A presente emissão, que pode ser subscrita até 10 de julho, contempla sete milhões de obrigações com um valor unitário de cinco euros, para um montante global de 35 milhões de euros. A taxa de juro anual é fixa e de 4%.

Reino Unido dá pormenores sobre estratégia de relançamento

O ministro britânico das Finanças, Rishi Sunak, apresenta esta quarta-feira os pormenores da estratégia "construir, construir, construir" do governo e que visa impulsionar a economia do país no pós-pandemia. A estratégia vai ser apresentada no âmbito do Orçamento suplementar do Reino Unido.

Trump e Obrador juntos na Casa Branca

O presidente norte-americano, Donald Trump, recebe na Casa Branca o seu homólogo mexicano, Andres Manuel Lopez Obrador. Esta é a primeira saída ao estrangeiro de Obrador, desde que tomou posse – e é uma visita politicamente arriscada para o presidente, uma vez que a sua taxa de aprovação diminuiu e que Trump não é popular no México.

Inventários de crude nos EUA centram atenções

A Administração de Informação em Energia (IEA, na sigla original, que está sob a tutela do Departamento norte-americano da Energia) divulga os dados relativos aos inventários de crude dos EUA na semana passada, bem como os stocks de destilados e gasolina. A evolução das reservas norte-americanas é seguida sempre com muita atenção e é um dado que mexe com os preços da matéria-prima. Na semana passada, as cotações do "ouro negro" subiram depois de os números terem revelado uma queda das reservas mais acentuada do que estimado pelo mercado.

Ver comentários
Mais lidas
Outras Notícias