Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

5 coisas que precisa de saber para começar o dia

Esta quinta-feira, destaque para a reunião de política monetária do Banco Central Europeu e para os dados da inflação de maio nos Estados Unidos.

Carla Pedro cpedro@negocios.pt 10 de Junho de 2021 às 07:30
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
BCE decide política monetária

O mercado estará hoje atento às decisões de política monetária que resultarão da reunião do Banco Central Europeu (BCE). Como é habitual, a seguir à reunião do BCE haverá uma conferência de imprensa com Christine Lagarde. Os investidores vão estar atentos a pistas sobre o rumo da política monetária, bem como à perspetiva do  sobre a economia.

A inflação nos Estados Unidos…

Num momento em que os receios de uma subida da inflação continuam a gerar preocupação, ficam a conhecer-se os números de maio nos EUA e a expectativa é a de que o índice de preços no consumidor tenha mantido a tendência de subida. Os economistas inquiritos pela Refinitiv estimam que o índice de preços no consumidor tenha subido para 4,7% nos 12 meses terminados em maio – a confirmar-se, será o maior aumento desde o verão de 2008. Não contabilizando os voláteis preços da energia e dos alimentos, as projeções apontam para 3,4%. Já só relativamente ao mês de maio, preveem que os preços tenham aumentado 0,4% - o que será uma desaceleração face à subida de 0,8% em abril (o maior pulo mensal desde 2009.

… e os dados sobre os pedidos de subsídio de desemprego

Os Estados Unidos reportam também hoje a evolução dos novos pedidos de subsídio de desemprego na semana terminada a 5 de maio. O consenso de mercado estima que as novas solicitações deste apoio estatal na semana passada possam ter ascendido a 365.000 – a acontecer, será uma diminuição face aos 385.000 pedidos da semana precedente.

Conversações sobre acordo nuclear com Irão retomam em Viena

Recomeçam esta quinta-feira em Viena as conversações em torno do programa nuclear do Irão, numa altura em que persistem discordâncias quanto à retirada de algumas sanções e à redução gradual das atividades nucleares do país. Ontem, os preços do petróleo estiveram a subir por força do aumento robusto do consumo no ocidente mas também por se atenuar a perspetiva de um regresso de mais crude iraniano aos mercados – isto depois de o secretário de Estado dos EUA, Antony Blinken, ter dito que as sanções contra Teerão não deverão ser levantadas.

OPEP divulga estatísticas sobre petróleo

A Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP) divulga o relatório mensal sobre a evolução do mercado petrolífero, com estimativas para a procura e produção desta matéria-prima.

Ver comentários
Outras Notícias