Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

5 coisas que precisa de saber para começar o dia

Esta segunda-feira os mercados internacionais estarão a reagir ao acordo da OPEP+ sobre as novas quotas de produção. Por cá, a adenda ao prospeto da emissão obrigacionista da SAD do Benfica deverá mexer com a cotação dos "encarnados".

Alexandra Machado amachado@negocios.pt 19 de Julho de 2021 às 07:30
  • Partilhar artigo
  • 1
  • ...
Petróleo reage a acordo da OPEP+

Os países aliados na OPEP+ chegaram no domingo a acordo para o aumento da produção de petróleo, pondo fim ao impasse que tinha sido criado na última reunião, com o braço-de-ferro entre os Emirados Árabes Unidos e a Arábia Saudita. Agora, chegam a acordo para um corte de 400 mil barris por dia ao longo dos próximos meses, a partir de agosto. Emirados, Arábia Saudita, Iraque, Koweit e Rússia vão conseguir ainda aumentar as suas quotas de produção a partir de maio de 2022.

Benfica faz adenda ao prospeto

A oferta de subscrição de obrigações da Benfica SAD continua a decorrer. Termina na sexta-feira, podendo as ofertas ser revogadas ou alteradas até ao fim da oferta. Entretanto a Benfica SAD fez uma adenda ao prospeto, para incorporar os últimos desenvolvidos depois do seu ex-presidente Luís Filipe Vieira ter sido detido e impedido de contactar outros administradores da SAD. Acabou por renunciar à presidência, tendo o Benfica já anunciado a marcação mais à frente de eleições antecipadas. Para já é Rui Costa que tem de concluir a emissão de 35 milhões de euros em obrigações.

Yellen debate normas para "stablecoins"

A secretária norte-americana do Tesouro, Janet Yellen, reúne-se com o grupo de trabalho presidencial sobre mercados financeiros para debater normas para as chamadas as chamadas "stablecoins", ou moedas estáveis, que são uma parte fundamental do mercado das criptomoedas.

O sentimento económico em Portugal

O Instituto Nacional de Estatística divulga o sentimento económico às empresas na síntese económica de conjuntura referente a junho. Divulga ainda dos dados do consumo de energia no setor doméstico em 2020.

Reino Unido levanta restrições

O Reino Unido vai levantar restrições no âmbito da pandemia da covid-19. Deixa de ser obrigatório, na rua, o uso de máscaras, mas mantém-se a recomendação para que seja utilizada, assim como distanciamento social. Em Londres, a máscara continua obrigatória nos transportes públicos. Isto acontece numa altura em que a variante delta está a aumentar o número de infeções também no Reino Unido.

Ver comentários
Outras Notícias