Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

5 coisas que precisa de saber para começar o dia

A Nos arranca a divulgação de resultados em Lisboa, no mesmo dia em que o IGCP vai ao mercado vender dívida a 12 meses e arranca a OPA obrigatória sobre a Media Capital.

Patrícia Abreu pabreu@negocios.pt 21 de Julho de 2021 às 07:30
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
Nos arranca "earnings season" do semestre em Lisboa

A Nos apresenta, esta quarta-feira, os resultados da primeira metade do ano. A operadora liderada por Miguel Almeida registou uma quebra dos lucros de 61% para 35 milhões de euros no primeiro semestre de 2020, fruto da pandemia. Segundo as estimativas dos analistas consultados pela Bloomberg, a companhia deverá ter fechado o segundo trimestre deste ano com um EBITDA de 153,7 milhões de euros e receitas de 337,1 milhões.

IGCP emite dívida de curto prazo

A Agência de Gestão da Tesouraria e da Dívida Pública (IGCP) vai realizar uma emissão de bilhetes do tesouro (BT) com maturidade em 2022. O instituto tem como objetivo colocar entre 750 e 1.000 milhões de euros, depois de na semana passada ter estado no mercado com uma emissão de Obrigações do Tesouro, com prazos a 9 e 16 anos. A 19 de maio, Portugal colocou 1.750 milhões de euros em BT a seis e a 12 meses, com os juros a caírem para mínimos de sempre nos dois prazos, em -0,571% e -0,536%, respetivamente.

Como estão os stocks norte-americanos de crude?

A Administração de Informação em Energia (IEA, na sigla original, que está sob a tutela do Departamento norte-americano da Energia) divulga hoje os níveis da semana passada dos inventários de crude dos EUA, bem como os stocks de destilados e gasolina. O mercado está na expectativa de mais um anúncio de queda das reservas norte-americanas de crude, que estão atualmente no mais baixo nível desde fevereiro de 2020. A confirmar-se, será a nona semana consecutiva de redução dos stocks.

OPA da Media Capital

A oferta pública de aquisição (OPA) obrigatória da Pluris, de Mário Ferreira, sobre as ações da Media Capital decorre a partir desta quarta-feira, 21 de julho. A oferta tinha sido preliminarmente anunciada pela Pluris a 25 de novembro do ano passado após a CMVM ter considerado que existiu concertação de "influência dominante" sobre a dona da TVI entre a Prisa, anterior dona da Media Capital, e a Pluris anterior à "alienação integral da participação da Prisa em 3 de novembro de 2020".

EDP vende quase 30% do défice tarifário por 503 milhões
A EDP acordou a venda de 28,8% do défice tarifário deste ano por um valor global de 503 milhões de euros, anunciou ontem a elétrica liderada por Miguel Stilwell. O valor desta venda é ligeiramente inferior, em termos relativos, à operação realizada no final de dezembro do ano passado, quando a EDP vendeu 15,5% do défice tarifário deste ano por 271 milhões de euros. 
Ver comentários
Saber mais 5 coisas bolsas Nos resultados economia leilão IGCP
Outras Notícias