Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

5 coisas que precisa de saber para começar o dia

Num dia em que se regista o fenómeno da "bruxaria tripla", os mercados irão reagir aos primeiros detalhes avançados sobre a nova ferramenta que o BCE está a preparar para evitar a "fragmentação" e estarão atentos à leitura final da inflação de maio na Zona Euro.

Pedro Curvelo pedrocurvelo@negocios.pt 17 de Junho de 2022 às 07:30
  • Partilhar artigo
  • 1
  • ...
Mercado reage a primeiros detalhes de ferramenta do BCE

As notícias avançadas pela Bloomberg e, posteriormente, pela Reuters dão conta de que a nova ferramenta "anti-fragmentação" do Banco Central Europeu (BCE) vai ser acionada quando o "spread" entre os juros das dívidas soberanas dos países periféricos face ao "benchmark" alemão superar um determinado limite. As informações terão sido apuradas junto de fontes com conhecimento das discussões de ontem entre Christine Lagarde e os ministros das Finanças da Zona Euro. 

A ressaca do "sell-off" em Wall Street em dia de "bruxaria tripla"

Depois de terem sofrido fortes quedas ontem na sequência, principalmente, das subidas das taxas diretoras nos EUA, Inglaterra e Suíça, as praças europeias confrontam-se hoje com o rescaldo de um dia bastante negativo em Wall Street, com os principais índices do outro lado do Atlântico a recuarem para níveis de finais de 2020. Acresce que estamos num dia de "bruxaria tripla", em que se dá o vencimento simultâneo de três contratos: opções sobre índices de ações, opções sobre ações e futuros sobre ações (individuais), o que contribui para maior volatilidade, em particular na reta final de negociação.

INE divulga preços na produção industrial

O Instituto Nacional de Estatística (INE) publica o índice de preços na produção industrial referente a maio. Este indicador deverá mostrar a pressão enfrentada pela indústria devido aos custos da energia, bem como das matérias-primas e logística. 

Investidores de olho no impacto da inflação na Tesco

A Tesco, gigante do retalho britânico, divulga os resultados do seu primeiro trimestre fiscal. As atenções dos investidores estarão centradas não só nos resultados obtidos mas também na antevisão que a empresa fará para os próximos meses, num contexto de elevada inflação que poderá ter impacto no consumo.

Inflação na Zona Euro em maio será revista?

Após a divulgação da estimativa rápida, a 31 de maio, o Eurostat publica a leitura final dos dados do índice de preços no consumidor (IPC) referentes ao mês passado. Na estimativa rápida a inflação homóloga atingiu 8,1% e a variação em cadeia cifrou-se em 0,7%, superando, em ambos os casos, as estimativas dos analistas. No atual contexto, uma revisão dos números anteriormente anunciados poderá agitar os mercados.

Ver comentários
Outras Notícias