Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

A semana em oito gráficos: Bolsas em ganhos atiram dólar para quedas

A generalidade das bolsas subiu no decorrer da última semana. O PSI-20 seguiu a tendência. E a EDP Renováveis acabou por ser das maiores ganhadoras na bolsa nacional.

Lisboa lidera ganhos na Europa

Lisboa lidera ganhos na Europa
O índice PSI-20 foi o que mais valorizou entre as congéneres europeias, tendo beneficiado na sessão de quarta-feira, em que contrariou as perdas no resto da Europa. Entre as praças europeias, só o madrileno IBEX e o londrino FTSE perderam, com uma desvalorização superior a 1%.

PSI-20 valoriza mais de 1,3%

PSI-20 valoriza mais de 1,3%
A bolsa nacional teve uma semana positiva, tendo registado ganhos superiores às congéneres europeias com uma valorização de 1,35%. Em cinco sessões. o índice PSI-20 registou ganhos em quatro.

Ibersol lidera ganhos semanais

Ibersol lidera ganhos semanais
As cotadas que mais subiram na semana foram o grupo Ibersol (+12,40%), depois de ter consumado uma valorização superior a 20% a meio da semana, e a EDP Renováveis (7,18%), mesmo numa semana em que o seu ex-CEO, João Manso Neto, foi suspenso pelo tribunal. No lado oposto, a semana foi negativa para o Banco Comercial Português, que acumulou uma perda de 2,69%, liderando assim as piores prestações da semana. Seguiu-lhe a Nos, com uma perda de 2,49%, e a Pharol, que deslizou 1,18%

Empresas britânicas em destaque na semana

Empresas britânicas em destaque na semana
A semana terminou com três empresas do Reino Unido a liderarem os ganhos. São elas a construtora Persimmon PLC, a GVC Holding e a Barratt Developments, da área do imobiliário. Na ponta oposta é também uma cotada britânica que surge entre os piores desempenhos. A empresa de software Micro Focus perdeu 27,36%. A completar o top 3 das maiores quedas estão duas suíças: a Idorsia e a Clariant.

Twitter brilha em semana "tecnológica" nos EUA

Twitter brilha em semana 'tecnológica' nos EUA
A semana foi particularmente positiva para as empresas do setor de tecnologia nos Estados Unidos, com o Twitter a assumir a liderança de ganhos ao escalar mais de 14%, numa lista de vencedores em que consta também a Netflix. Por osmose, a ONEOK, empresa norte-americana dedicada ao gás natural, acumulou uma perda superior a 18%.

Euro ganha em três frentes

Euro ganha em três frentes
A moeda única europeia leva a melhor ao dólar pela terceira semana consecutiva. Esta sexta-feira, conta ganhos acumulados de 0,46% dos últimos cinco dias, e ganha o braço-de-ferro também contra a libra e o iene. O dólar perde atratividade como ativo refúgio já que os títulos acionistas recuperaram.

Cobre dispara quase 5%

Cobre dispara quase 5%
It’ll be a significant week in the copper market as investors assess fresh anti-virus curbs in Chile’s mining industry, export figures from the South American nation, and the metal’s technical backdrop. Prices may extend gains above $6,000 after state-owned Codelco suspended construction work at its largest copper mine, adding to other curtailments and shift-pattern changes. While the country managed to maintain output at high levels in May, the first clear view into how it fared in June comes on Tuesday, with monthly export data.

Juros da Zona Euro em queda

Juros da Zona Euro em queda
Os juros no "velho continente" assumiram uma tendência de queda no decorrer da semana. Na Alemanha verificou-se uma queda de 3,3 pontos base e em Itália de 2,9 pontos base. Na Península Ibérica, Portugal obteve uma redução de 1,2 pontos base, enquanto que a Espanha conseguiu perder 3,3 pontos base, com a taxa a cair para um patamar mais baixo do que a portuguesa.
Gonçalo Almeida goncaloalmeida@negocios.pt 11 de Julho de 2020 às 09:30
  • Assine já 1€/1 mês
  • 5
  • ...
As bolsas, na sua generalidade, subiram no decurso da última semana. O índice de referência para a Europa terminou os cinco dias com um ganho de 0,38%, com três empresas do Reino Unido a liderarem as valorizações empresariais. 

O PSI-20 conseguiu também acumular um ganho durante esta semana de 1,35%, repetindo o feito da semana anterior. 

As cotadas que mais subiram foram o grupo Ibersol (+12,40%), depois de ter consumado uma valorização superior a 20% a meio da semana, e a EDP Renováveis (7,18%), mesmo numa semana em que o seu ex-CEO, João Manso Neto, foi suspenso pelo tribunal. 

No lado oposto, a semana foi negativa para o Banco Comercial Português, que acumulou uma perda de 2,69%, liderando assim as piores prestações da semana. Seguiu-lhe a Nos, com uma perda de 2,49%, e a Pharol, que deslizou 1,18%. 

As subidas das bolsas estão a afastar os investidores do ativo refúgio que é o dólar. 

Os juros no "velho continente" assumiram uma tendência de queda no decorrer da semana, com exceção para a Grécia, que com a subida robusta da última sessão da semana, acumulou um ganho de 4,8 pontos base. 

Na Alemanha verificou-se uma queda de 3,5 pontos base e em Itália de 2,8 pontos base. Na Península Ibérica, Portugal obteve uma redução de 1,1 pontos base, enquanto Espanha perdeu 3,2 pontos base nos juros com maturidade de uma década. 
Ver comentários
Saber mais Europa Reino Unido economia negócios e finanças bolsa mercado e câmbios
Mais lidas
Outras Notícias