Mercados A sua semana dia a dia: Brexit e guerra comercial dominam semana de rescaldo de eleições em Portugal

A sua semana dia a dia: Brexit e guerra comercial dominam semana de rescaldo de eleições em Portugal

Em Portugal as eleições legislativas de domingo marcarão a semana no país. Mas lá fora, é o Brexit e a guerra comercial dos Estados Unidos e da China que vão dominar.
A sua semana dia a dia: Brexit e guerra comercial  dominam semana de rescaldo de eleições em Portugal
Alexandra Machado 06 de outubro de 2019 às 19:00
Segunda-feira Rescaldo da votação em portugal
Os mercados não dão sinais de se preocuparem muito com as eleições em Portugal, mas é sempre de seguir a reação que a bolsa e a dívida vão ter no rescaldo da votação, até pelas implicações futuras que pode vir a ter na formação do Governo português..

Terça-feira Parlamento 
britânico suspenso
O Parlamento do Reino Unido vai iniciar o período de suspensão de três dias. Em Setembro, o Supremo Tribunal considerou ilegal a suspensão pedida pelo primeiro-ministro Boris Johnson e acedido pela rainha Isabel II, que fará o seu discurso à nação a 14 de outubro. Entretanto, Boris Johnson deverá iniciar esta semana reuniões com parceiros europeus a propósito do Brexit. No final da semana, foi noticiado que o primeiro-ministro britânico já admite pedir o adiamento da data para o Brexit, fixada para o próximo dia 31 de outubro, caso não haja acordo no conselho europeu de 17 e 18 de outubro.

Terça-feira Olhos postos em Powell
Depois de alguns indicadores menos positivos relativamente à economia dos Estados Unidos, que pressionam ainda mais a ação da Fed, o presidente da Reserva Federal, Jerome Powell, vai discursar na conferência anual da NABE, em Denver. Com a atenção dada aos banqueiros centrais, neste momento em que se antecipa uma recessão, o foco também se vira para Mark Carney, do Banco de Inglaterra, que fala em Tóquio, e para Philip Lane, economista-chefe do BCE, e Pablo Hernandez, governador do Banco de Espanha e membro do conselho geral do BCE, que falam em Frankfurt.

Quarta-feira Portugal emite obrigações

O IGCP vai realizar um leilão de Obrigações do Tesouro (OT) com maturidade em 2034, com o objetivo de angariar entre 750 e 1.000 milhões de euros. Será o primeiro leilão de dívida pública após as eleições legislativas de domingo. Na última emissão de dívida a 15 anos, realizada 11 de setembro, o IGCP aceitou pagar uma taxa de juro de 0,676%.

Quarta-feira
Minutas da Fed divulgadas
As minutas das atas da reunião da Fed de 17 e 18 de setembro são divulgadas. Nessa reunião a Reserva Federal baixou as taxas em 25 pontos base para 1,75%, numa decisão não unânime. Recebeu três votos contra. 

Quinta-feira China e EUA encontram-se

São dois dias de encontros. O vice-presidente da China, Liu He, visita Washington para conversas bilaterais com os norte-americanos. Os encontros acontecem poucos dias depois de mais ameaças de que as tarifas dos Estados Unidos às importações chinesas podiam subir.

Quinta-feira Inflação e registo de desemprego nos EUA

Qualquer indicador de conjuntura dos Estados Unidos da América agora pode ter várias leituras, ainda mais quando dentro de um ano vão ocorrer as presidenciais. É divulgada neste dia os preços ao consumidor que se espera que subam 0,2% em setembro face ao mês anterior e 2,4% em termos homólogos.

Sexta-feira Encontro 
entre China e Índia

 


É um encontro de gigante. O presidente da China, Xi Jinping, encontra-se com o presidente da Índia, Narendra Modi, numa cimeira não oficial de dois dias. 



Marketing Automation certified by E-GOI