Investidor Privado A sua semana dia-a-dia: Contas da banca americana e Brexit marcam a semana

A sua semana dia-a-dia: Contas da banca americana e Brexit marcam a semana

Arranca, esta semana, a época de apresentação de resultados do quarto trimestre, pela mão dos gigantes financeiros dos EUA. A votação do Brexit também estará em destaque.
A sua semana dia-a-dia: Contas da banca americana e Brexit marcam a semana
Negócios 13 de janeiro de 2019 às 19:00
Segunda-feira Citigroup apresenta contas de 2018
Na terceira semana do ano, arranca a época de apresentação de resultados do quarto trimestre de 2018. Nos próximos dias, vários dos gigantes financeiros dos Estados Unidos revelam ao mercado as suas contas de 2018. O primeiro será o Citigroup, já esta segunda-feira. No dia seguinte, será a vez do JPMorgan e, na quarta-feira, serão revelados os resultados do Bank of America e Goldman Sachs. Na quinta-feira, as atenções estarão voltadas para o Morgan Stanley.

Terça-feira Brexit votado no parlamento

Depois de ter sido adiada no final do ano passado, a votação do acordo do Brexit no Parlamento britânico está agendada para esta terça-feira. Tudo aponta para que o tratado jurídico do Brexit seja rejeitado pela maioria dos deputados. E esta expectativa de "chumbo" levou a que, o parlamento britânico tenha aprovado, na semana passada, uma emenda que obriga Theresa May a apresentar, num prazo de três dias, um plano B para a saída da União Europeia em caso de não acordo.

Quarta-feira Vendas a retalho nos EUA aumentam

Como habitual, serão vários os indicadores económicos publicados, ao longo da semana, do outro lado do Atlântico. Para quarta-feira, estão agendadas as vendas a retalho, relativas ao mês de Dezembro. As estimativas dos economistas consultados pela Bloomberg apontam para o segundo aumento mensal consecutivo de 0,3%. Contudo, este relatório pode não ser divulgado se, até lá, se mantiver a paralisação do governo norte-americano. 

Quarta-feira  Fed publica Livro Bege

Também para quarta-feira está agendada a publicação do Livro Bege por parte da Reserva Federal dos Estados Unidos. As declarações de vários membros do banco central norte-americano têm contribuído para o otimismo dos investidores neste arranque de ano. Na semana passada, as minutas da última reunião da Fed revelaram que os responsáveis pela política monetária tinham afirmado estar "pacientes" face ao atual contexto económico. Já o presidente da autoridade monetária, Jerome Powell reiterou que a Fed está paciente em relação às subidas de juros nos EUA. Powell também expressou preocupação com a dimensão da dívida dos EUA. 


Quinta-feira OPEP avalia mercado petrolífero


A Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP) divulga, esta quinta-feira, o relatório mensal sobre a evolução do mercado petrolífero. A matéria-prima tem recuperado, neste início do ano, da forte queda sofrida no final de 2018. A última semana foi mesmo a melhor em dois anos, a beneficiar da expectativa de que a OPEP tenha capacidade para cumprir a promessa de eliminar o excesso de petróleo no mercado através dos cortes na produção, o que tem sido repetido pela Arábia Saudita. 

Sexta-feira Produção industrial recupera nos EUA


A semana termina com a publicação da produção industrial, nos Estados Unidos, em Dezembro. Os economistas consultados pela agência Bloomberg antecipam que seja anunciado um aumento de 0,2% depois de uma leitura inalterada no mês anterior. 




pub