Investidor Privado A sua semana dia-a-dia: Os discursos de Powell e Draghi e resultados no PSI-20

A sua semana dia-a-dia: Os discursos de Powell e Draghi e resultados no PSI-20

A semana será marcada pelo primeiro discurso de Powell no Congresso dos EUA. Na Europa, a semana será rica na divulgação de indicadores económicos e quatro cotadas do PSI-20 apresentam contas.
A sua semana dia-a-dia: Os discursos de Powell e Draghi e resultados no PSI-20
Reuters
Patrícia Abreu 25 de fevereiro de 2018 às 19:00
Segunda-feira Draghi no Parlamento Europeu
O presidente do Banco Central Europeu (BCE) vai estar esta segunda-feira no Parlamento Europeu. Mario Draghi deverá falar sobre a política monetária na Zona Euro, dias depois das actas relativas à última reunião da autoridade monetária terem mostrado que a entidade decidiu que é prematuro alterar a comunicação sobre os estímulos. Ainda assim, os relatos mostram também que alguns membros do BCE pretendiam que se começasse desde já a preparar o mercado para o processo de redução de estímulos

Terça-feira Powell faz primeiro discurso como presidente da Fed

Jerome Powell realiza esta terça-feira o seu primeiro discurso enquanto presidente da Reserva Federal dos EUA. Powell testemunha no Congresso sobre o relatório semi-anual de política monetária e sobre o estado da economia. As suas palavras serão seguidas com atenção pelos investidores, que procuram perceber se o responsável vai subir juros mais rápido do que é esperado pelo mercado.

Terça-feira EDPR e Corticeira reportam resultados

São quatro as cotadas da bolsa portuguesa que apresentam contas esta semana. A EDP Renováveis e a Corticeira Amorim apresentam resultados no mesmo dia, enquanto a Jerónimo Martins reporta os números relativos ao exercício de 2017 no dia 28. Um dia depois, a EDP deverá voltar a ser a única companhia portuguesa com um resultado líquido superior a 1.000 milhões de euros, no final do ano passado.

Quarta-feira Inflação na Zona Euro baixa em Fevereiro

A taxa de inflação na Zona Euro, em Fevereiro, deverá ter abrandado ligeiramente, face a Janeiro. Segundo dados divulgados a semana passada, a taxa de inflação na Zona Euro ficou nos 1,3% no primeiro mês do ano, mas o indicador deverá ter baixado para 1,2%, este mês, segundo as previsões da Bloomberg.

Quinta-feira Taxa de desemprego mantém tendência de descida

Um dia depois de divulgar as previsões para a inflação em Fevereiro, o Eurostat revela os números do desemprego na Zona Euro, em Janeiro. Segundo a Bloomberg, a taxa de desemprego na região deverá ter baixado de 8,7% para 8,6%.

Quinta-feira Consumo nos EUA com menor crescimento em cinco meses
O consumo privado nos EUA deverá ter registado o menor crescimento dos últimos cinco meses. Segundo as estimativas, o indicador deverá ter avançado 0,2% em Janeiro, metade do aumento verificado um mês antes. Já a actividade industrial deverá ter arrefecido pelo segundo mês, ainda que se mantenha próxima do ritmo mais forte desde 2004.



Sexta-feira Mark Carney discursa na Escócia

Num momento em que a inflação está a aproximar-se dos 3% no Reino Unido, o governador do Banco de Inglaterra vai inaugurar uma conferência de economia, em Edimburgo. Mark Carney poderá aproveitar a ocasião para preparar os investidores para uma subida mais rápida dos juros no Reino Unido, devido às pressões inflacionistas.



pub