Investidor Privado A sua semana dia-a-dia: Reunião do BCE e dados económicos agitam semana

A sua semana dia-a-dia: Reunião do BCE e dados económicos agitam semana

A semana será marcada pela reunião de política monetária do BCE e pela divulgação de indicadores económicos nos dois lados do Atlântico. Em Lisboa, três cotadas reportam as contas de 2017.
A sua semana dia-a-dia: Reunião do BCE e dados económicos agitam semana
Patrícia Abreu 04 de março de 2018 às 18:30
Segunda-feira Dados da Economia na Zona Euro
O início da semana será marcada pela divulgação de vários indicadores económicos. Na Zona Euro será divulgada a evolução das vendas a retalho, em Janeiro. Será ainda divulgado o índice PMI para os serviços, quer na Europa, quer nos EUA.

Terça-feira Membros da Fed discursam

Na semana em que é divulgado o Livro Bege da Reserva Federal dos EUA, vários membros da entidade discursam em diversos eventos. Lael Brainard, membro do conselho de governadores da Fed, e William Dudley, o presidente da Fed de Nova Iorque, discursam esta terça-feira. No final da semana é Charles Evans, da Fed de Chicago, quem discute a política monetária, num evento em Nova Iorque. Os investidores aguardam novas indicações sobre a política monetária nos EUA, para perceber se o banco central poderá ou não acelerar o ritmo de subida de taxas de juro.

Quarta-feira CTT reportam resultados de 2017

A empresa de correios apresenta as contas relativas ao exercício do último ano. De acordo com as previsões do CaixaBI, a companhia deverá revelar uma queda de 50% nos lucros em 2017, face ao ano anterior, para 30,6 milhões de euros. "No geral, não estamos à espera que os resultados do quarto trimestre de 2017 tragam grandes novidades, devendo somente confirmar o ambiente difícil em que os CTT estão a operar", adianta o banco. A Impresa e a Altri também reportam contas ao longo da semana.

Quinta-feira Draghi deixa indicações sobre estímulos no euro

O Banco Central Europeu (BCE) deverá deixar tudo igual na sua política de estímulos monetários e nas taxas de juro. Ainda assim, o presidente da instituição, Mario Draghi, deverá aproveitar a oportunidade para deixar indicações sobre a redução do programa de compras no futuro. A entidade monetária deverá ainda actualizar as suas previsões para a economia.

Sexta-feira Desemprego nos EUA recua em Fevereiro

Esta semana serão conhecidos novos números sobre a evolução do mercado laboral nos EUA. As previsões da Bloomberg apontam para uma descida da taxa de desemprego, em Fevereiro, de 4,1% para 4%. A evolução da criação de emprego é um dos indicadores centrais para a Fed tomar decisões sobre subidas de juros.

Sexta-feira Banco do Japão divulga decisão sobre taxas de juro
O Banco do Japão conclui uma reunião de dois dias. A entidade deverá manter os seus estímulos à economia. Na semana passada, Goushi Kataoka, um membro do banco central, adiantou que é preciso ter cautela para evitar uma retirada prematura da política de estímulos.



A sua opinião1
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
comentar
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentários mais recentes
General Ciresp 04.03.2018

Oh minha rica Abreu,vamos ter uma semana quente tambem na Europa onde mais de metade dela treme de frio.Parece-me amanha vai ser o dia mais expectante da semana para nos europeus,dele vai depender em parte o q o chikinho draghi vai ter para nos dizer.Desde ja uma boa semana.

pub