Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Ásia pressionada por especulação relativa ao controlo da inflação

As acções asiáticas cem pela terceira sessão consecutiva com os investidores a especularem acerca de medidas de controlo de inflação.

Hugo Paula hugopaula@negocios.pt 16 de Novembro de 2010 às 07:56
  • Partilhar artigo
  • ...
O índice de referência MSCI Ásia – Pacífico desce 0,6% para 130,86 pontos, com cerca de três títulos a descer por cada uma negoceia em alta. Entre as medidas que os investidores acreditam que poderão ser tomadas na China para controlar a subida dos preços, está a redução da liquidez na economia através da subida dos juros, bem como um eventual controlo directo dos preços para os impedir de subir.

“Estamos a chegar ao ponto em que estão a ser tomadas medidas pelos países desenvolvidos para controlar o crescimento” disse o gestor de fundos da Paradice Investments, Matt Riordan, à Bloomberg. “O desempenho das acções este ano tem sido melhor para as cotadas das economias emergentes, por isso quando são tomadas medidas para o travar, vamos assistir à realização de lucros”, acrescentou.

Em Tóquio, o Nikkei 225 depreciou 0,31% para 9.797,10 pontos e o Topix recuou 0,45% para 847,77 pontos. A liderar as perdas entre as cotadas japonesas esteve o sector energético, que reflectiu a subida dos custos do combustível devido à depreciação do iene.

Na China, o Shangai Composite declinou 4% para 2.894,54 pontos e registou um mínimo de um mês, devido à especulação em torno das medidas que o governo do país poderá tomar para controlar a inflação.

Já o Hang Seng de Hong Kong permaneceu pouco alterado, a reflectir os receios de redução da liquidez na China, enquanto a Cathay Pacific valorizou 5% para 23,15 dólares de Hong Kong, depois de divulgar um crescimento dos lucros para mais do dobro, devido à retoma da procura de viagens e a alienação de activos.

Ver comentários
Outras Notícias