Mercados num minuto Abertura dos mercados: Bolsas e petróleo sobem. Prata em máximos de um ano e juros descem

Abertura dos mercados: Bolsas e petróleo sobem. Prata em máximos de um ano e juros descem

As bolsas europeias estão a subir, a beneficiar da renovação das expectativas sobre o corte de juros nos EUA. O petróleo está a subir mais de 1%, a refletir mais um episódio de tensão entre os EUA e o Irão, enquanto a prata está a subir e a negociar em máximos de mais de um ano.
Abertura dos mercados: Bolsas e petróleo sobem. Prata em máximos de um ano e juros descem
Reuters
Sara Antunes 19 de julho de 2019 às 09:23

Os mercados em números

PSI-20 avança 0,32% para 5.237,25 pontos

Stoxx 600 aprecia 0,57% para 388,99 pontos

Nikkei valorizou 2% para 21.466,99 pontos

Juros da dívida portuguesa a dez anos descem 0,7 pontos base para 0,453%

Euro recua 0,12% para 1,1263 dólares

Petróleo em Londres sobe 1,45% para 62,83 dólares o barril

 

Bolsas europeias sobem

As bolsas europeias seguem em alta, a beneficiar da renovação da expectativa de cortes de juros nos EUA. O otimismo dos investidores foi desencadeado pelas declarações do presidente da Reserva Federal de Nova Iorque. John Williams sublinhou ontem a necessidade de uma mudança de ação se os responsáveis pela política monetária dos EUA concluírem que a economia está em apuros. As palavras deste responsável chegaram a ser interpretadas como um reforço de reduções de juros, mas a Reserva Federal de Nova Iorque acabou por vir esclarecer que o responsável estava apenas a fazer um exercío técnico, o que atenou a expetativa.

 

Também as declarações de Richard Clarida, vice-presidente da Fed, à Fox News foram no mesmo sentido. Essas palavras foram suficientes para os mercados reforçarem a perspetiva de uma descida da taxa diretora da Fed na próxima reunião, que decorre nos dias 30 e 31 de julho.

 

Destaque para a Anheuser-Busch InBev, cujas ações estão a subir 5,16% para 83,31 dólares, depois de ter revelado que vai vender as operações na Austrália, após falhar o IPO da unidade asiática.

 

Juros mantêm queda

As taxas de juro implícitas na dívida portuguesa a 10 anos estão a descer 0,7 pontos base para 0,453%, mantendo assim a tendência de queda registada nos últimos dias. A "yield" associada à dívida alemã também cai 1 ponto para -0,325%. Os juros implícitos nas dívidas soberanas têm descido, a reflectir a expectativa de descidas de juros por parte dos bancos centrais. O Banco Central Europeu (BCE) vai reunir-se na próxima semana e há alguma expectativa em torno de um anúncio de corte da taxa de juro dos depósitos.


Dólar sobe após "travagem" da expectativa de descidas de juros nos EUA
A moeda americana está a subir frente à generalidade das divisas mundiais, depois de ontem a Reserva Federal de Nova Iorque ter vindo clarificar o discurso do seu presidente. John Williams fez uma intervenção que fez com que aumentassem as expectativas de cortes de juros, para além do que já estava a ser ponderado. Mas a Reserva Federal veio explicar que o discurso do responsável não estava focado naquilo que a autoridade monetária vai fazer, tratando-se apenas de um exercício académico. Neste contexto, o euro, que ontem subiu quase 0,5% contra o dólar, está a descer 0,12% para 1,1263 dólares. 

 

Petróleo sobe mais de 1% após EUA abaterem drone iraniano

Os preços do petróleo voltaram às subidas, depois de ter sido revelado que os EUA abateram um drone iraniano, perto do Estreito de Hormuz. Este é mais um incidente que revela o aumento de tensão entre Teerão e Washington, o que está a elevar os preços do petróleo. O barril do Brent, negociado em Londres e referência para Portugal, está a subir 1,45% para 62,83 dólares.

 

Prata em máximos de junho de 2018

A prata tem vindo a fortalecer-se e segue com uma valorização de 0,39% para 16,412 dólares, completando uma semana consecutiva de ganhos e atingindo máximos de junho de 2018. A Bloomber realça que este metal precioso tem beneficiado da redução dos juros, com os investidores a aumentar o seu interesse por ativos considerados mais seguros, como é o caso da prata ou do ouro.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI