Mercados num minuto Abertura dos mercados: Bolsas, euro e petróleo sobem. Juros em queda

Abertura dos mercados: Bolsas, euro e petróleo sobem. Juros em queda

O menor risco geopolítico agora atribuído ao dia seguinte às eleições gerais da Itália e ao referendo do SPD estão a contribuir para maior confiança dos investidores, o que contribui para as subidas registadas nas bolsas europeias, no euro e para a descida dos juros. Já o petróleo segue em máximos de quase três semanas.
Abertura dos mercados: Bolsas, euro e petróleo sobem. Juros em queda
Bloomberg
David Santiago 26 de fevereiro de 2018 às 09:22

Os mercados em números

PSI-20 avança 0,69% para 5.507,55 pontos

Stoxx 600 ganha 0,63% para 383,55 pontos

Nikkei valorizou 1,19% para 22.153,63 pontos

"Yield" a 10 anos de Portugal recua 2,5 pontos base para 2,010%

Euro aprecia 0,28% para 1,2329 dólares

Petróleo sobe 0,06% para 67,35 dólares por barril em Londres

 

Bolsas sobem com queda dos juros e dólar

As bolsas europeias estão a negociar em terreno positivo no início de sessão desta segunda-feira, 26 de Fevereiro, o que acontece pelo segundo dia seguido.

 

A animar as bolsas do Velho Continente está a queda dos juros e a desvalorização do dólar, dois sinais que apontam para uma maior estabilização nos mercados.

 

O índice de referência europeu Stoxx 600 soma 0,63% para 383,55 pontos, apoiado em especial pelas valorizações registadas pelos sectores europeus do petróleo e matérias-primas. Já o lisboeta PSI-20 ganha 0,69% para 5.507,55 pontos, impulsionado pelo BCP (+1,12% para 0,2893 euros), pela Galp Energia (+0,88%).

 

Juros aliviam perante menor receio de resultados eleitorais

Os juros das dívidas públicas dos países da Zona Euro estão a retroceder neste início de semana, uma reacção dos investidores ao menor receio sentido relativamente ao resultado das próximas legislativas italianas e do referendo interno do SPD. Tanto as eleições transalpinas como o referendo dos sociais-democratas alemães têm lugar no próximo domingo, 4 de Março.

 

A taxa de juro associada às obrigações de dívida portuguesa no prazo a 10 anos recua 2,5 pontos base para 2,010%, uma queda que acontece depois de duas sessões de subidas. Também as "yields" espanholas a 10 anos caem 1,4 pontos base para 1,583%.

 

Já as "bunds" germânicas com maturidade a 10 anos recuam 0,2 pontos base para 0,651% (mínimo de 29 de Janeiro), enquanto a taxa de juro associada aos títulos de dívida da Itália cai 2,8 pontos base para 2,039% (mínimo de 19 de Fevereiro). Os juros transalpinos recuam assim depois da maior subida semanal do ano verificada na semana passada.

 

Os investidores consideram que o risco político para o euro decorrente da indefinição sobre a futura solução governativa na Itália é menor do que o verificado na antecâmara das presidenciais gaulesas do ano passado.

 

Por outro lado, tanto o anti-sistema e eurocéptico Movimento 5 Estrelas, provável vencedor das eleições, como a Liga de Matteo Salvini têm vindo a moderar as posições não apenas face à Europa mas também em relação ao euro.

 

Euro sobe com menor risco geopolítico

A moeda única europeia está a valorizar contra o dólar estando nesta altura a subir 0,28% para 1,2329 dólares nos mercados cambiais.

 

Depois da desvalorização face à divisa norte-americana verificada na semana passada, o euro está agora a recuperar valor perante o menor risco para o bloco da moeda única apresentado pelas eleições na Itália e pelo referendo interno do SPD que, pese embora as divisões no partido, deverá validar o acordo de governo negociado entre o já ex-líder Martin Schulz e o bloco democrata-cristão liderado por Angela Merkel.

 

Petróleo em máximos de quase três semanas

Os preços do petróleo estão em alta nos mercados internacionais, com a matéria-prima a ser pressionada pela intenção, anunciada por parte da Arábia Saudita, de os países exportadores de petróleo (OPEP) aliviarem os cortes impostos à produção do cartel – a que se juntou também a Rússia – por forma a promover a valorização do crude.

 

Também a interrupção da produção petrolífera num dos principais terminais da Líbia está a contribuir para a valorização do petróleo dada a expectativa de menor produção e quebra da oferta.

 

Assim, em Londres o Brent do Mar do Norte, utilizado como valor de referência para as importações nacionais, está a apreciar 0,06% para 67,35 dólares por barril, no quarto dia consecutivo de ganhos para o barril transaccionado na capital inglesa. Já O West Texas Intermediate (WTI), negociado em Nova-Iorque, sobe 0,16% para 63,65 dólares, no terceiro dia consecutivo em alta. Tanto o crude negociado em Londres como em Nova-Iorque já tocou esta manhã em máximos de 7 de Fevereiro.

 

Ouro valoriza à espera de declarações de Powell

O metal precioso está a valorizar 0,84% para 1.339,84 dólares por onça, tendo já tocado no valor mais alto desde 20 de Fevereiro neste início de semana.

 

Depois do saldo semanal negativo registado na semana passada, com o ouro a ser pressionado pela valorização do dólar, o metal dourado está agora a valorizar numa altura em que os investidores aguardam pela declaração do novo líder da Reserva Federal dos Estados Unidos, Jerome Powell, marcada para esta terça-feira, e por eventuais pistas quanto à política monetária do banco central.




A sua opinião3
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
comentar
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentários mais recentes
Anónimo 22.03.2018

???????? ???????????? ?????? ????????????? ???? ???????¬???? ??????????, ??????? ????? ???????????????? ????????? ???????.
1. ?????????????? ??????????, ?????????? ??????????? ??-????????? ???????? ?????????-????????????? ???? ?????????? ??????? ? ?? ? ????????? ?????????? ?????????? (?????????-??

Anónimo 22.03.2018

???????? ???????????? ?????? ????????????? ???? ???????¬???? ??????????, ??????? ????? ???????????????? ????????? ???????.
1. ?????????????? ??????????, ?????????? ??????????? ??-????????? ???????? ?????????-????????????? ???? ?????????? ??????? ? ?? ? ????????? ?????????? ?????????? (?????????-??

Anónimo 22.03.2018

???????? ???????????? ?????? ????????????? ???? ???????¬???? ??????????, ??????? ????? ???????????????? ????????? ???????.
1. ?????????????? ??????????, ?????????? ??????????? ??-????????? ???????? ?????????-????????????? ???? ?????????? ??????? ? ?? ? ????????? ?????????? ?????????? (?????????-??

pub