Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Abrandamento da economia no segundo trimestre penaliza Wall Street

As principais praças norte-americanas seguem em terreno negativo penalizadas pelos dados relativos ao abrandamento da economia dos Estados Unidos.

Ana Margarida Luís aluis@negocios.pt 30 de Julho de 2010 às 15:31
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...
O Dow Jones segue a perder 032%, fixando-se nos 1.0433,17 pontos. O S&P 500 cede 0,36% para se estabelecer nos 1.097,60 pontos.

Por seu lado, o índice tecnológico Nasdaq desvaloriza 0,46% para 2.241,37 pontos, tendo aberto a sessão a cair mais de 1%.

O índice de confiança recuou mesmo para o nível mais baixo desde Novembro. O índice de confiança dos consumidores norte-americanos, elaborado pela Thomson Reuters/Universidade de Michigan, caiu para 67,8 pontos, em Julho. No mês anterior, o índice fixou-se em 76 pontos.

O PIB dos EUA cresceu 2,4%, no segundo trimestre, o que corresponde a um abrandamento face ao trimestre anterior. Ainda assim, os números dos primeiros três meses do ano foram revistos em alta. Os economistas consultados pela Bloomberg previam um crescimento de 2,6% ..

O S&P subiu 6,9% em Julho, o maior avanço mensal num ano impulsionado pelos resultados de 77% das empresas cotadas a superarem as previsões de lucro para o segundo trimestre.

O indicador registou uma queda de 0,1% esta semana, sobretudo devido à forte queda da confiança dos consumidores nos EUA, bem como, pela queda das encomendas de bens duradouros em Junho.

As acções da Caterpillar deslizam 1,07% para os 4,07 dólares, também a Merck & Co segue a perder 1,74% para negociar nos 34,45 dólares, depois dos receitas da empresa terem ficado aquém das estimativas dos analistas.

O Bank of America recua 0,50% para os 13,96 dólares e o Citigroup deprecia 1,21% para os 4,07 dólares, depois de o Fundo Monetário Internacional ter dito que o sistema financeiro dos Estados Unidos pode precisar 76 mil milhões de dólares em capital.

Ver comentários
Outras Notícias