Bolsa Acções da Semapa sobem quase 2% com resultados acima do esperado

Acções da Semapa sobem quase 2% com resultados acima do esperado

Os analistas do BPI destacam a melhoria da dívida e a evolução mais positiva do que o esperado do negócio do cimento. No entanto, não vêem margem para revisão das estimativas.
Acções da Semapa sobem quase 2% com resultados acima do esperado
Rita Faria 19 de fevereiro de 2018 às 11:18

A Semapa está a negociar em alta na bolsa de Lisboa esta segunda-feira, 19 de Fevereiro, com as acções a reagirem aos resultados de 2017 divulgados conhecidos no final da semana passada.

Os títulos ganham 1,89% para 18,34 euros, tendo chegado a valorizar um máximo de 2,67% para 18,48 euros, o valor mais alto desde 2 de Fevereiro.

Esta evolução acontece depois de a empresa ter revelado que o resultado líquido atribuível aos accionistas cresceu 8% no ano passado para 124,1 milhões de euros. Considerando apenas o quarto trimestre, os lucros subiram de 43,4 para 46 milhões de euros, reflectindo uma melhoria da performance operacional, e uma descida dos custos financeiros.

Numa nota de análise divulgada esta segunda-feira, 19 de Fevereiro, o BPI elogia os resultados alcançados pela Semapa, destacando a melhoria da dívida superior ao esperado.

"O negócio do cimento teve um desempenho ligeiramente superior ao esperado (mais 3% nas vendas e 6% no EBITDA)", sobretudo devido à melhor performance em Portugal e Tunísia", referem os analistas. "Isto mais do que compensou os números abaixo do esperado no Líbano e Brasil".

Apesar dos números mais positivos, os analistas não vêem muita margem para a revisão das suas estimativas, depois de terem revisto os números recentemente.

"Revimos recentemente os nossos números tanto para a Navigator como para a Semapa, e por isso vemos pouca margem para alterações às nossas estimativas. O desvio em termos de dívida líquida no negócio do cimento representa um impacto positivo de 0,9% no nosso preço-alvo", adiantam.

O BPI mantém, por isso, uma visão "positiva" para a Semapa. "A empresa continua a ser um veículo interessante para se estar exposto à subida dos preços do papel, enquanto a recuperação da rentabilidade do negócio do cimento também deve ajudar a recuperação dos lucros por acção", justificam. "No mercado ibérico de pasta e papel mantemos a preferência pela Navigator".

Na passada quinta-feira, o BPI reviu a sua lista de acções preferidas na Península Ibérica, e substituiu a Semapa pela Navigator.

O BPI atribui uma recomendação de "comprar" às acções da Semapa e um preço-alvo de 23,45 euros, conferindo-lhes um potencial de valorização de 26,9%.  

Nota: A notícia não dispensa a consulta da nota de "research" emitida pela casa de investimento, que poderá ser pedida junto da mesma. O Negócios alerta para a possibilidade de existirem conflitos de interesse nalguns bancos de investimento em relação à cotada analisada, como participações no seu capital. Para tomar decisões de investimento deverá consultar a nota de "research" na íntegra e informar-se junto do seu intermediário financeiro.




Saber mais e Alertas
pub