Bolsa Acções do Porto disparam mais de 7,5% com liderança no campeonato

Acções do Porto disparam mais de 7,5% com liderança no campeonato

As acções da SAD do Porto estão a registar fortes ganhos na bolsa, numa evolução que está a ser acompanhada por uma liquidez acima do habitual.
Acções do Porto disparam mais de 7,5% com liderança no campeonato
Vitória em Portimão deixou a equipa de Sérgio Conceição 5 pontos à frente do Benfica
EPA
Sara Antunes 26 de fevereiro de 2018 às 14:36
As acções da SAD do Porto estão a registar uma subida acentuada em bolsa, depois de no último fim-de-semana a equipa de futebol ter derrotado o Portimonense por 1-5, mantendo assim a liderança do campeonato. 

As acções da SAD portista sobem 7,69% para 0,70 euros, tendo já trocado de mãos mais de cinco mil acções, o que compara com as cerca de mil acções negociadas em média por dia nos últimos seis meses. 

A equipa comandada por Sérgio Conceição manteve assim os cinco pontos de distância do Benfica, ficando com oito pontos, à condição da equipa do Sporting, que recebe esta segunda-feira o Moreirense.

O desempenho das acções apontam assim para uma maior confiança em torno do desempenho da equipa de futebol do Futebol Clube do Porto, numa altura em que faltam cerca de três meses para o fim do campeonato. 

Esta confiança reforçou-se depois dos azuis e brancos terem dado a volta ao resultado frente ao Estoril, que tinha sido interrompido devido a um problema nas bancadas quando os "canarinhos" venciam por 1-0. Até este jogo, que decorreu na quarta-feira, o Porto já liderava o campeonato, mas com uma margem mais escassa.

O confronto frente ao Sporting na próxima jornada poderá ser decisivo para cimentar a liderança do Porto ou aumentar ainda mais a disputa pelo primeiro lugar, que este ano está a ser feita por três equipas. 

Entre as restantes cotadas deste sector, a SAD do Sporting também está a subir 5% para 0,735 euros, mas neste caso apenas negociaram 90 títulos. Já a SAD do Benfica está a registar uma queda de 1,92% para 1,28 euros, com cerca de quatro mil títulos transaccionados.



A sua opinião3
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
comentar
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentários mais recentes
31 26.02.2018

Veio a publico que o Pinto da Costa tinha morrido e só por isso houve este súbito interesse nas acções pois com a morte do dono os herdeiros avançam

General Ciresp 26.02.2018

Se os portugueses vivessem na Inglaterra no mundo do futebol,as accoes rebentavam a escala.Neste caso do fc porto secalhar teve a ver com o reencontro entre o pintinho e a bem cheirosinha brasileira.As accoes tambem gostam do amor.

Anónimo 26.02.2018

Uma transacção de 3.500 € é notícia?

pub