Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Acções americanas registam maior subida em dois meses

As acções norte-americanas iniciaram 2006 com a maior subida dos últimos dois meses, depois da Reserva Federal, nas minutas da última reunião, ter alertado que não deverão ser necessários muitos mais aumentos nas taxas de juro do país. O Nasdaq subiu 1,74

Nuno Carregueiro nc@negocios.pt 03 de Janeiro de 2006 às 21:03
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

As acções norte-americanas iniciaram 2006 com a maior subida dos últimos dois meses, depois da Reserva Federal, nas minutas da última reunião, ter alertado que não deverão ser necessários muitos mais aumentos nas taxas de juro do país. O Nasdaq subiu 1,74% e o Dow Jones avançou 1,21%.

Os responsáveis da Reserva Federal (Fed) norte-americana não chegaram a consenso relativamente à proporção de aumento das taxas directoras que ainda pensam ser necessário, mas afirmaram que não devem ser precisas muitas subidas adicionais para controlar a inflação, segundo as minutas da sua última reunião - hoje divulgadas.

Esta noticia gerou optimismo nos mercados que o ciclo de subidas nos juros possa estar perto do fim, aliviando os receios com o agravamento do custo de financiamento das empresas.

O sector bancário foi o que mais apreciou, com o Citigroup a valorizar 1,44% e o JP Morgan a apreciar 1,18%.

Com o petróleo em máximos de dois meses, as energéticas também impulsionaram os índices, com a Exxon Mobil a subir 3,88%.

Outras Notícias