Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Acções asiáticas fixam máximo de cinco anos com dados positivos na China

Exportações chinesas surpreenderam pela positiva, mas dados estão a gerar controvérsia entre os analistas. Bolsas asiáticas sobem pelo terceiro dia consecutivo, para máximos de cinco anos.

Edgar Caetano edgarcaetano@negocios.pt 08 de Maio de 2013 às 07:42
  • Assine já 1€/1 mês
  • 3
  • ...

O índice MSCI Asia Pacific subiu 0,8% para 143,21, para um avanço de 10% desde o início do ano, período em que as acções daquela região têm vindo a ser suportadas pela política de estímulos agressiva do Banco do Japão. O Nikkei 225 de Tóquio subiu 0,7%.

 

Na sessão desta quarta-feira, os investidores reagiram positivamente à notícia de que o crescimento das exportações da China acelerou inesperadamente em Abril, ainda que as vendas para os EUA e para a Europa tenham caído.

 

O aumento de 14,7% das exportações está a gerar alguma controvérsia, no entanto, não só pelo facto de as exportações terem caído em dois blocos importantes (EUA e Europa) mas porque a variação se deveu a um aumento de 57,2% nas vendas a Hong Kong. Analistas do Bank of America e do Mizuho Securities questionaram abertamente a validade do relatório governamental.

 

Entre as empresas, a Komatsu subiu 4,4% em Tóquio, liderando as subidas das acções ligadas à indústria. E a Toyota Motor ganhou 1,39% antes de, após o final da sessão, anunciar que os lucros quase triplicaram no primeiro trimestre, ajudados por vendas sólidas nos EUA e pela desvalorização do iene face às principais divisas.

 

A contrariar os ganhos esteve a Toshiba Corp., que caiu 4,3% em Tóquio depois de o jornal Nikkei ter noticiado que as vendas da empresa vão falhar as estimativas da empresa.

Ver comentários
Saber mais Japão Ásia bolsas asiáticas
Mais lidas
Outras Notícias