Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Acções da Cimpor em máximos de Abril de 2001 com lucros

As acções da Cimpor avançaram mais de 1,5% para os 5,47 euros, o valor mais elevado desde Abril de 2001, depois da empresa ter anunciado que registou 266,2 milhões de euros de resultados líquidos no exercício de 2005. Apesar dos números apresentados, os b

Paulo Moutinho 17 de Março de 2006 às 13:34
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

As acções da Cimpor avançaram mais de 1,5% para os 5,47 euros, o valor mais elevado desde Abril de 2001, depois da empresa ter anunciado que registou 266,2 milhões de euros de resultados líquidos no exercício de 2005. Apesar dos números apresentados, os bancos de investimento continuam a recomendar a venda das acções.

Face aos valores apresentados pela Cimpor, o Santander não efectuou nenhuma alteração na avaliação da empresa, mantendo a recomendação de «underweight» com o preço-alvo de 3,90 euros.

O Millennium bcp investimento também manteve inalterado o preço-alvo nos 5,20 euros por acção, para o final de 2006, e a recomendação de «reduzir», com «risco médio».

Segundo o analista João Mateus, do Millennium bcp investimento, as vendas de cimento ficaram «acima das nossa estimativas (+1,5%), quase 6% acima do ano anterior», sendo que os principais «responsáveis por esta subida foram o Egipto, Marrocos e o Brasil, influenciadas pela procura doméstica e pelas exportações».

A margem operacional (EBITDA) aumentou em 10% face ao ano anterior, superando em 0,8% a estimativa do analista João Mateus, com um ligeiro decréscimo de 0,8 pontos percentuais, influenciado pela redução de preços no Brasil, pelos os custos mais elevados e pela « maior proporção de vendas de betão e agregados na África do Sul, custos mais elevados em Marrocos e problemas operacionais na Tunísia».

Os títulos da Cimpor [cimp] seguiam a valorizar 1,12% para os 5,43 euros, depois de terem avançado um máximo de 1,86% para os 5,47 euros, o valor mais elevado desde Abril de 2001.

Ver comentários
Outras Notícias