Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Acções da IBM registam a maior quebra dos últimos 11 meses

As acções da International Business Machines (IBM) registaram uma queda de 6,2%, a maior dos últimos 11 meses, após o jornal New York Times ter noticiado que aquisição da unidade transmissora de óptica da empresa não tinha sido concluída.

Ana Torres Pereira atp@negocios.pt 15 de Fevereiro de 2002 às 17:53
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
As acções da International Business Machines (IBM) registaram uma queda de 6,2%, a maior dos últimos 11 meses, após o jornal New York Times ter noticiado que aquisição da unidade transmissora de óptica da empresa não tinha sido concluída.

Esta aquisição realizada pela JDS Uniphase em Dezembro foi ocultada nas mais valias do quarto trimestre de 2001, não tendo declarado 300 milhões de dólares (343,5 milhões euros). A IBM com esta operação reduziu os custos operacionais deste período, noticiou o mesmo jornal.

A IBM revelou em comunicado que a aquisição avaliada em 333,5 milhões de dólares (375,1 milhões de euros) foi concluída de forma «apropriada».

A líder mundial na venda de produtos informáticos registou uma queda de 13% nos lucros do quarto trimestre de 2001 para 2,33 mil milhões de dólares (2,6 milhões de euros).

A IBM seguia a cair 4,44% para os 103,1 dólares (118,06 euros).

Ver comentários
Outras Notícias