Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Acções da Media Capital iniciam negociação nos 4,35 euros

As acções da Media Capital começaram a negociar nos 4,35 euros, em linha com o preço de referência da venda das acções da oferta pública de venda. A empresa movimentavou já quase 5 milhões de acções.

Pedro Carvalho pc@mediafin.pt 31 de Março de 2004 às 13:31
  • Partilhar artigo
  • ...

 

As acções da Impresa, a emitente nacional mais comparável em termos de carteira de negócios com a Media Capital, estão a valorizar há cinco sessões consecutivas. A empresa negociava hoje em subida de 1,27% para 3,98 euros, elevando para 9% a valorização acumulada nas últimas cinco sessões de bolsa.

Este ano, as acções estão mais caras em 13,71%, enquanto a Cofina [COFI] e a PT Multimédia [PTM], outras empresas do sector com exposição à área dos «media», estão mais caras em 22% e 16,82%, respectivamente. A Cofina é dona do Canal de Negócios e do Jornal de Negócios.

A 6 de Junho de 2000, ocorria na bolsa de valores de Lisboa uma operação semelhante, com a estreia da Impresa [IPR] em bolsa. Na altura, a operação de dispersão do grupo liderado por Pinto Balsemão estabeleceu um intervalo de preço entre 9 euros e 10,75 euros, tendo sido o preço de referência fixado nos 10,25 euros.

No primeiro dia de negociação, a empresa esteve a valorizar um máximo de 24,29%, e encerrou em subida de 19,61%. Num ano que acabou por ser negro para o mercado de capitais, a Impresa acabou por fechar 2000 nos 6,013 euros, em queda de 70,46%.

Em 2001 e 2002, a dona da televisão SIC registou quedas de 65,99% e 13,24%, respectivamente, e no ano transacta, aproveitou a subida dos mercados para avançar 97,30%.

Outras Notícias