Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Acções da Mota-Engil suspensas em bolsa

As acções da Mota-Engil foram suspensas de negociação, antes da abertura do mercado, à espera de informação relevante sobre a venda de participação accionista por parte da família Mota.

  • Assine já 1€/1 mês
  • 4
  • ...
As acções da Mota-Engil estão suspensas de negociação, à espera que seja revelada informação relevante, de acordo com a Eurontext, gestora da bolsa nacional. A suspensão foi determinada pela Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), confirmou o Negócios junto de fonte oficial do regulador do mercado de capitais.

Em causa está o anúncio feito na terça-feira, 25 de Fevereiro, que revelou que o maior accionista da Mota-Engil e a construtora vão colocar no mercado 16,8% do capital da empresa, numa operação que visa alargar a base de investidores e reforçar a liquidez e “free float” dos títulos.
 
A família continuará a controlar mais de metade do capital, mesmo depois desta operação. A Mota-Engil anunciou que, em conjunto com o seu maior accionista, decidiu colocar acções da empresa no mercado através de uma operação de venda a investidores institucionais, num designado "acelerated bookbuilding", operação feita de forma rápida em que os bancos responsáveis encontram compradores para determinadas acções. Neste caso, o banco coordenador é o Credit Suisse, auxiliado pelo BESI, Caixa BI e BCP.
 
Essa operação estará a decorrer esta quarta-feira e a suspensão determinada pela CMVM deverá manter-se até à sua conclusão.

 

No total, o objectivo é colocar no mercado 34,3 milhões de acções da Mota-Engil, que equivalem a 16,8% do capital da empresa.

 

Na sessão de terça-feira, os títulos da Mota-Engil subiram 1,95% e terminaram a negociar nos 5,173 euros. Foi o valor de fecho mais elevado desde 16 de Janeiro, altura em que os títulos da construtora deixaram de dar direito à entrada no capital da subsidiária africana, que deverá ficar cotada autonomamente até ao final do primeiro semestre.

 

Tendo em conta este valor, o encaixe possível total para a família Mota seria de até 120 milhões de euros, a acrescentar 57,4 milhões conseguidos com a venda de acções próprias. Contudo, neste tipo de operações, costuma haver um ligeiro desconto face ao preço praticado. 

 

(Notícia actualizada com mais informações às 8h22)

Ver comentários
Saber mais Mota-Engil
Outras Notícias