Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Acções dos EUA abrem a descer arrastadas por Wal-Mart (act)

As bolsas norte-americanas seguiam em descida, arrastadas pela apresentação de resultados da maior retalhista mundial, a Wal-Mart, cujos números ficaram abaixo do esperado. O Dow Jones descia 0,43%, enquanto o Nasdaq recuava 0,49%.

Bernardo Meira bmeira@mediafin.pt 13 de Novembro de 2003 às 15:33
  • Partilhar artigo
  • ...

As bolsas norte-americanas seguiam em descida, arrastadas pela apresentação de resultados da maior retalhista mundial, a Wal-Mart, cujos números ficaram abaixo do esperado. O Dow Jones descia 0,43%, enquanto o Nasdaq recuava 0,49%.

O Dow Jones [INDU] seguia nos 9.806,52 pontos, enquanto o Nasdaq [CCMP] que descia para os 1.963,49 pontos.

No seu relatório semanal hoje divulgado, o Departamento de Trabalho dos EUA revelou que o número de pedidos iniciais de subsídio ao desemprego aumentou em 13 mil registos, para 366 mil, um valor acima do esperado mas ainda assim perto do mínimo de quase dois anos.

No índice industrial, a Wal-Mart, a maior retalhista do mundo, desvalorizava 3,6% para os 55,87 dólares (47,76 euros), depois de ter anunciado que os resultados líquidos do terceiro trimestre cresceram 14% no terceiro trimestre, correspondentes a 40 cêntimos de dólar por acção, abaixo dos 41 cêntimos esperados.

Para o quarto trimestre, a empresa prevê um lucro por acção à volta de 63 cêntimos por cada título, quando os analistas estimam um valor de 65 cêntimos.

Na banca, a JP Morgan descia 0,8% para os 35,61 dólares (30,44 euros), enquanto a operadora de telecomunicações de longa distância AT&T perdia 0,5% para os 19,27 dólares (16,47 euros).

A contribuir mais para a desvalorização do índice tecnológico, a Gentex recuava 3,2% para os 40,64 dólares (34,74 euros), juntamente com a maior fabricante mundial de «software» Microsoft, cujos títulos desciam 1,3% para os 25,65 dólares (21,93 euros). A integradora de sistemas Oracle recuava 1,2% para os 12,62 dólares (10,79 euros).

A farmacêutica Millenium Pharmaceutical apreciava 1,3% para os 16,09 dólares (13,76 euros).

Outras Notícias