Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Acções e obrigações da detentora da rede eléctrica dos EUA caem

As acções e obrigações da britânica National Grid Transco, empresa proprietária da rede eléctrica norte-americana através de uma subsidiária, caíram depois da empresa ter sido culpada pelo maior apagão da história da América do Norte.

Joaquim Madrinha 15 de Agosto de 2003 às 15:48
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
As acções e obrigações da britânica National Grid Transco, empresa proprietária da rede eléctrica norte-americana através de uma subsidiária, caíram depois da empresa ter sido culpada pelo maior apagão da história da América do Norte.

As acções da Transco deslizaram um máximo de 4% depois da empresa ter sido acusada de ser a culpada pelo apagão que se verificou ontem na zona nordeste do continente norte-americano e que afectou quer os EUA quer o Canadá.

O apagão deixou cerca de 1,25 milhões de clientes sem electricidade depois de se ter registado uma falha na unidade de produção Niagara Mohawk. Esta unidade é detida pela Niagara Mohawk Holdinds, uma subsidiária da britânica National Grid Transco.

Esta unidade de produção foi adquirida pela National Grid Transco em Janeiro de 2002 por 8,9 mil milhões de dólares (7,9 mil milhões de euros) aumentando o número de clientes nova-iorquinos da empresa em 1,5 milhões, ao mesmo tempo que representava também um aumento do número de clientes de gás em 580 mil.

As obrigações da empresa também não escaparam à descida. Os títulos de dívida da companhia com maturidade em 2008 e cupão de 3,75% desceram levando as «yields» das mesmas a subir para os 4,53%

De acordo com a JP Morgan, os investidores estão mais preocupados com a dívida da empresa pois, agora, consideram-na mais arriscada, pois o «spread» das obrigações da companhia estão 34 pontos base acima da «yield» média do sector das «utilities» europeu.

As acções da National Grid Tranco perdiam 2,2% para as 3,88 libras (5,49 euros).

Outras Notícias