Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

AIE diz que exportações de petróleo da Líbia estão "interrompidas"

A Agência Internacional de Energia (AIE) sugere que estão basicamente "interrompidas" as exportações petrolíferas por parte da Líbia, devido à escalada dos confrontos no país.

Edgar Caetano edgarcaetano@negocios.pt 15 de Março de 2011 às 10:49
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
“As exportações (por parte da Líbia) podem não chegar ao mercado nos próximos meses, não só pelos danos às infra-estruturas causados pelos conflitos mas também devido às sanções internacionais” impostas sobre o país.

A Líbia, um dos membros da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP), exportou uma média de 1,3 milhões de barris de crude em 2010.

O principal canal de exportação do petróleo líbio, o Es Sider, foi encerrado depois de um oleoduto ter sido bombardeado pelas forças ligadas a Kadhafi.

“A dura realidade sugere que acontecerá ou uma longa guerra civil, ou um ressurgimento do regime de Kadhafi (cujo fornecimento petrolífero seria limitado pelas sanções internacionais ao país)”, escreve a AIE no seu relatório mensal sobre o mercado petrolífero.

O barril de crude WTI, negociado na bolsa de Nova Iorque, desvaloriza 2,68% para 98,50 dólares, ao passo que o Brent do Mar do Norte, negociado em Londres, recua 2,44% para 110,92 dólares por barril.

Ver comentários
Saber mais AIE Líbia Kadhafi
Mais lidas
Outras Notícias