Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Altri dispara mais de 7% nas vésperas do «stock split»

A Altri subia de mais de 7% para um novo máximo histórico. Na próxima semana, por cada acção detida, os accionistas vão receber outra, com a cotação a ajustar-se para metade. Apesar de ser a 11ª cotada mais líquida da bolsa, a empresa quer aumentar ainda

Pedro Carvalho pc@mediafin.pt 28 de Abril de 2006 às 10:45
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

A Altri subia de mais de 7% para um novo máximo histórico. Na próxima semana, por cada acção detida, os accionistas vão receber outra, com a cotação a ajustar-se para metade. Apesar de ser a 11ª cotada mais líquida da bolsa, a empresa quer aumentar ainda mais o volume de negócios.

A Altri [ALTR] negociava com uma valorização máxima de 7,18% para um novo máximo histórico nos 4,18 euros.

A empresa está a beneficiar de um «research» da UBS, citado pela Reuters, onde o banco de investimento suíço aumentou o preço-alvo para os 4,75 euros, face aos anteriores 4,00 euros.

Hoje é o último dia em que as acções da empresa vão negociar com um valor nominal de 0,50 euros, já que a partir da próxima terça-feira este valor será reduzido a metade.

Em termos práticos, cada investidor, por cada acção detida, passa a deter mais uma, com o preço da acção, já na terça-feira, a ajustar-se para metade. Na segunda-feira a bolsa vai estar encerrada.

Com base na cotação actual (4,18 euros), a carteira de um investidor com 100 acções da Altri está avaliada em 418 euros. Na próxima semana, o investidor ficará com 200 acções em carteira, avaliadas a 2,09 euros cada. O valor da carteira, "ceteris paribus, permanece nos 418 euros.

O objectivo do «stock split» da Altri é o de «aumentar a liquidez das acções».

Nos últimos seis meses, a Altri conseguiu ser a 11º cotada na bolsa com mais volume de negócios, realizando uma média de 2,4 milhões de euros por dia.

A Altri, que resultou de um «spin off» do Grupo Cofina em Março de 2005, detém em carteira activos como a F. Ramada e o Grupo Caima.

Outras Notícias