Mercados Apetite estrangeiro provoca forte aumento da liquidez no PSI-20

Apetite estrangeiro provoca forte aumento da liquidez no PSI-20

A forte valorização da bolsa nacional nestes últimos meses tem sido acompanhada de um aumento expressivo no número de negócios. O valor transaccionado na praça portuguesa está a disparar, o que torna ainda mais robusta a recuperação do PSI-20.
Paulo Moutinho 30 de janeiro de 2013 às 03:37

A liquidez média diária mensal no índice de referência português ascendeu este mês a 134 milhões de euros, um máximo desde Março de 2011. Este valor compara com os 86 milhões registados em Dezembro, representando um forte aumento face aos 73 milhões que diariamente trocaram de mãos em Janeiro de 2012.

"Tudo aponta para o regresso de investidores estrangeiros, mas também de institucionais nacionais ao mercado português", refere Pedro Lino, administrador da Dif Broker. "Os investidores estrangeiros regressaram em força às acções portuguesas com a redução da percepção de risco associado à Zona Euro", remata Steven Santos, gestor da XTB. " O facto de o risco soberano já não estar em cima da mesa baixou a correlação entre as acções, o que leva os fundos de investimento a procurar e investir nas empresas mais robustas", diz.

"Quanto maior for o volume transaccionado, maior deverá ser o movimento de recuperação neste período de saída das obrigações e de entrada nas acções", lembra o especialista da XTB ao Negócios. Já Rui Bárbara, gestor de activos do Banco Carregosa, sublinha que "sempre que uma subida nos preços é acompanhada de uma subida no volume, isso é um bom sinal". "Dá mais força à subida e sustenta-a", remata.




Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI