Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Apple regista forte queda após falhar estimativas de lucro pela primeira vez em 6 anos

A gigante Apple está esta manhã a registar fortes perdas na bolsa alemã após ter divulgado um lucro inferior às estimativas dos analistas pela primeira vez em seis anos.

Andreia Major amajor@negocios.pt 19 de Outubro de 2011 às 11:31
A tecnológica Apple já recuou 7,34% para 284 euros esta manhã e segue a perder 5,5% para 289,65 euros.

A empresa norte-americana revelou hoje os seus resultados relativos ao quarto trimestre fiscal, os quais não corresponderam às estimativas dos analistas pela primeira vez em seis anos, de acordo com a Bloomberg.

A diminuição dos lucros da empresa é explicada por uma retracção no consumo, dado que os clientes estavam a aguardar pelo lançamento do novo modelo, o iPhone 4S, para comprarem iPhones.

O lucro da tecnológica foi de 6,62 mil milhões de dólares (4,82 mil milhões de euros), ou 7,05 dólares por acção, no quarto trimestre fiscal, comparado com o lucro de 4,31 mil milhões de dólares registado no mesmo período do ano anterior, de acordo com os dados divulgados pela empresa.

Os analistas consultados pela Bloomberg tinham previsto um lucro de 7,31 dólares por acção, o que significa que o lucro registado foi inferior às estimativas. Este foi o primeiro desencontro entre previsões e resultados efectivos da Apple em, pelo menos, 26 trimestres.

A empresa da maça vendeu17,07 milhões de iPhones, menos do que os 20 milhões previstos pelos analistas consultados pela Bloomberg, dado que os consumidores retraíram o consumo de iPhones a aguardar pelo lançamento do iPhone 4S, que porém apenas foi lançado após o fecho do quarto trimestre fiscal, a 24 de Setembro.

A queda das vendas sublinha a importância crescente do iPhone para a Apple. O primeiro dispositivo foi lançado no mercado em 2007 e correspondeu a 39% das receitas no trimestre passado.

“O mercado estava à espera que as fortes vendas de iPhones se dirigissem ao novo produto lançado”, disse Giri Cherukuri, responsável de operador de mercado da Oakbrook Investments, à Bloomberg. “É justo que muitas pessoas estivessem à espera que o novo iPhone chegasse às lojas”, acrescentou o operador.

Ver comentários
Saber mais Apple acções iPhone vendas lucros resultados
Outras Notícias
Publicidade
C•Studio