Bolsa As quatro cotadas portuguesas com mais posições "short"

As quatro cotadas portuguesas com mais posições "short"

Veja quais são as cotadas portuguesas onde as posições "short" são mais elevadas.
As quatro cotadas portuguesas com mais posições "short"
Miguel Baltazar
Patrícia Abreu 19 de fevereiro de 2018 às 13:36



A sua opinião10
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
comentar
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentários mais recentes
Ciifrão 20.02.2018

Há interesse na desgraça da empresa de políticos oportunistas, os especuladores com músculo aproveitam a onda para manipular a cotação. Políticos de vistas curtas é o que temos mais.

Alentejano 20.02.2018

Já quem investe em horizontes de 10 anos lixa-se totalmente ! Assim se destroem empresas sólidas pela ganancia e incompetência de uns quantos políticos/xulecos! Altura de dizer não à nacionalização das empresas (neste caso pelos comunas chineses).

Alentejano 20.02.2018

tudo empresas com influencias chinesas e a Ásia o local onde se abusam dos dividendos afogando as empresas ... apostar que vai cair é tudo uma questão de tempo estas equipas de gestão estão lá para pagar aos institucionais e lixarem os pequenos e quando morrerem quem investiu forte ganhou em 4 anos

CTT INFORMAÇÃO 19.02.2018

Quantas vezes eu tenho dito aqui, os CTT não tem condições para pagar o dividendo anunciado, correm o risco de entrar em falência técnica, talvez 10 cêntimos ou 12, mas a cotação vai chegar aos 2.50 euros,

ver mais comentários
Saber mais e Alertas
pub