Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

As cinco piores sessões em Wall Street

Há 28 anos, Wall Street registou uma das maiores quedas de sempre, na segunda-feira "negra" de 19 de Outubro de 1987. Conheça outras quatro sessões negativas que marcam a história da bolsa norte-americana.

Vera Ramalhete veraramalhete@negocios.pt 19 de Outubro de 2015 às 18:49
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

19 de Outubro de 1987. Há precisamente 28 anos, uma segunda-feira "negra" pintava Wall Street. O Dow Jones afundou 23%, com receios de uma nova depressão económica, após o "crash" de 1929. Foi a maior queda do índice desde a Primeira Guerra Mundial, mas há outras sessões "negras" que marcaram Wall Street. O Cinco Dias recorda as piores sessões do Dow Jones, o índice norte-americano de referência mundial.

12 de Dezembro de 1914: A maior queda de sempre, em percentagem, do Dow Jones, ocorreu em 1914, durante a Primeira Guerra Mundial. O conflito levou ao encerramento da bolsa de Nova Iorque a 30 de Julho, dois dias após a invasão da Sérvia pelo Império Austro-Húngaro, no seguimento do assassinato do arquiduque Francisco Fernando. A bolsa esteve quase cinco meses encerrada, afundando 24,39%, quando reabriu a 12 de Dezembro.

24 de Outubro de 1929: Uma década e meia depois, estalava o "crash" de 1929. A "quinta-feira" negra em Wall Street provocou fortes perdas na bolsa, superiores a 11% durante a sessão. Mas o Dow Jones acabou por encerrar a cair apenas 2,1%. As acções negociadas atingiram um recorde de 12,9 milhões de títulos nesta sessão. A Grande Depressão marcou os receios dos investidores nas sessões seguintes, com as bolsas a manterem a tendência de queda. Após a quinta-feira "negra", o índice de referência voltou a afundar cerca de 12% na segunda e terça-feira seguintes.

19 de Outubro de 1987: Há exactamente 28 anos, os receios de uma nova recessão provocaram outra segunda-feira "negra". Uma queda da bolsa de Hong Kong alastrou-se à Europa e contagiou as acções dos Estados Unidos. O Dow Jones afundou 22,6%, perdendo 508 pontos, numa sessão em que foram transaccionadas 600 milhões de acções, ultrapassando o recorde que tinha sido fixado na sessão anterior.

17 de Setembro de 2001: Os ataques ao World Trade Center, em Nova Iorque, a 11 de Setembro de 2001, levaram ao encerramento da bolsa, naquela manhã. Reabriu dia 17 de Setembro, afundando 7,1%. Perdeu 684 pontos nesta sessão.

29 de Setembro de 2008: A maior queda de sempre em pontos no índice Dow Jones ocorreu com a crise financeira de 2008. A 29 de Setembro, após a Câmara dos Representantes chumbar um plano de resgate financeiro de 700 mil milhões de dólares, proposto por George W. Bush, no seguimento da falência do Lehman Brothers, o Dow Jones perdeu 777,68 pontos. Caiu 6,98%. 

Ver comentários
Saber mais Wall Street bolsa acções Dow Jones segunda-feira negra
Outras Notícias