Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

“As taxas Euribor deverão descer para os 4,4% em meados de 2008”

O Barclays Capital divulgou na última semana o relatório Global Outlook, com as perspectivas para 2008. O economista-chefe, Julian Callow, em entrevista ao Jornal de Negócios, explica por que o banco de investimento britânico espera uma normalização do me

André Veríssimo averissimo@negocios.pt 20 de Dezembro de 2007 às 00:02
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

O Barclays Capital divulgou na última semana o relatório Global Outlook, com as perspectivas para 2008. O economista-chefe, Julian Callow, em entrevista ao Jornal de Negócios, explica por que o banco de investimento britânico espera uma normalização do mercado de crédito durante o próximo ano, o que permitirá às taxas Euribor, que servem de indexante ao crédito à habitação, descerem dos actuais máximos em redor dos 4,9%.

Questionado até onde pode o BCE baixar as taxas, Julian Callow acredita que "pode ir até aos 3%, caso seja necessário. Depende do que acontecer à inflação e ao crescimento".

Quanto às Euribor "acho que será preciso mais de um ano para voltarem a ficar apenas 8 a 9 pontos base acima da taxa de referência, como chegou a acontecer. Para já, os mercados financeiros estão a incorporar um cenário em que a diferença para a taxa de referência [que actualmente supera os 90 pontos base na Euribor a 3 meses, que está na casa dos 4,8%] recue para 45 pontos base em meados de 2008. O que me parece uma expectativa realística. Mas acho que as Euribor podem descer mais do que o mercado está a antecipar e chegar aos 4,40%".

Outras Notícias