Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Asteck vendeu participação na Jerónimo Martins por 16,60 euros

A segunda maior accionista da retalhista portuguesa alienou metade da sua participação na empresa a 13 de Maio, por 16,60 euros. O valor representou um desconto de 7% face ao preço de fecho da Jerónimo Martins na sessão anterior. Asteck encaixou 522 milhões de euros.

Sofia A. Henriques
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

A Asteck vendeu a participação de 5% no capital da Jerónimo Martins por 16,60 euros. A operação ocorreu a 13 de Maio mas só esta terça-feira, 21 de Maio, é que o valor foi tornado público.

 

A 13 de Maio, foram alienadas pela Asteck, que pertence à “holding” do sector petrolífero Heerema, 31.464.750 acções da Jerónimo Martins, representativas de 5% do seu capital social. A venda foi feita por 16,60 euros, conforme indica a retalhista em comunicado emitido hoje através da Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

 

Com a cotação de 16,60 euros, a Asteck arrecadou, com a operação, 522,3 milhões de euros. O preço a que vendeu as acções representou um desconto de 7,1% face aos 17,87 euros a que os títulos da Jerónimo Martins tinham encerrado na sessão de 13 de Maio.

 

Como tinha sido adiantado, a venda foi feita fora de mercado regulamento, “mediante uma oferta privada através de um procedimento de ‘accelerated bookbuilding’”, oferta de mercado que não envolve praticamente nenhuma publicidade e que é feita de uma forma muito rápida.

 

No dia seguinte ao do anúncio da operação, a 14 de Maio, a Bloomberg avançava que a operação teria sido concretizada a um preço entre 16,50 e 17,25 euros. As acções da empresa dona do Pingo Doce encerraram, nesse dia, nos 16,80 euros, o que reflectiu uma descida de 5,99%, com os investidores a reagirem aos números que foram avançados. Nesse dia, foi a desvalorização mais intensa da empresa gerida por Pedro Soares dos Santos desde Fevereiro.

 

“Em consequência da operação acima descrita, a Asteck ficou a deter 31.464.750  de acções ordinárias, representativas de 5 % [da Jerónimo Martins]”, assinala o comunicado divulgado ao regulador do mercado de capitais.

Ver comentários
Saber mais Jerónimo Martins Pedro Soares dos Santos Asteck
Mais lidas
Outras Notícias