Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Aumento de capital vai manter REN sob pressão

Os especialistas consideram que a evolução das acções deverá manter-se condicionada pela operação, ainda que identifiquem oportunidades no longo prazo. Investidores podem também fazer arbitragem com os direitos no aumento de capital.

O 'feedback' em relação às reuniões da REN com investidores incidiram sobretudo sobre o ponto de situação das aquisições da empresa. Em relação à  compra da EDP Gas, foi salientado, segundo o CaixaBank BPI, que a única autorização que falta, a do Governo, deverá chegar em breve. E que, depois disso, levará cerca de um mês para realizar o aumento de capital, que poderá ocorrer em Outubro. Já em relação à compra de 42,5% da chilena Electrogas, a mensagem foi positiva, dizendo que tudo está a correr como planeado. Após a integração destas aquisições, a prioridade da empresa será gerir estes investimentos e estabilizar os fluxos de caixa.
Patrícia Abreu pabreu@negocios.pt 20 de Novembro de 2017 às 23:05
  • Partilhar artigo
  • ...

A partir desta quinta-feira começam a negociar em bolsa os direitos ao aumento de capital da REN. Ainda que a operação seja para financiar um negócio estratégico para o negócio, a empresa não deverá escapar à pressão vendedora no curto prazo.

As acções da REN encerraram a última sessão a subir 0,15% para 2,623 euros. A esta cotação de fecho corresponde agora um preç

...

Ver comentários
Saber mais REN aumento de capital acções desconto arbitragem analistas
Mais notícias Negócios Premium
+ Negócios Premium
Outras Notícias