Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Avanço do euro abranda após declarações de Solbes

Os ganhos do euro face ao dólar abrandaram na sequência das declarações do Comissário Europeu dos assuntos monetários, Pedro Solbes, que hoje voltou a condenar a excessiva volatilidade dos mercados cambiais.

Ruben Bicho rbicho@mediafin.pt 18 de Fevereiro de 2004 às 14:19
  • Partilhar artigo
  • ...

Os ganhos do euro face ao dólar abrandaram na sequência das declarações do Comissário Europeu dos assuntos monetários, Pedro Solbes, que hoje voltou a condenar a excessiva volatilidade dos mercados cambiais.

O euro [EUR] seguia a ganhar 0,02% para os 1,2844 dólares depois de esta manhã ter atingido um novo máximo histórico nos 1,2929 dólares.

A moeda europeia abrandou os ganhos depois de o comissário europeu dos assuntos monetários, Pedro Solbes, ter feito poucos comentários ao facto de o euro ter atingido um novo máximo, reiterando a mensagem deixada pelo grupo das sete maiores economias mundiais (G7) contra a excessiva volatilidade dos mercados.

«Felizmente não tenho nada a acrescentar. Não acreditamos que seja aceitável uma excessiva volatilidade. Pensamos que a médio prazo o valor do euro deve reflectir o nível dos indicadores económicos» afirmou Solbes numa conferência de imprensa em Bruxelas, citado pela Bloomberg.

O avanço do euro terá também abrandado à medida que os investidores esperam pela abertura da bolsa norte-americana. O dólar terá sido ainda prejudicado pela divulgação dos números da construção de novas casas nos Estados Unidos em Janeiro, que ficaram abaixo das expectativas dos analistas.

Esta manhã o euro atingiu um máximo histórico depois de Guy Quaden, membro do Banco Central Europeu (BCE) ter afirmado que a instituição não terá nenhum valor em mente a partir do qual decida intervir para travar os ganhos do euro.

Ver comentários
Outras Notícias