Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Banca e Galp Energia levam bolsa nacional a subir 1,5%

A bolsa nacional acompanha a tendência positiva das principais praças europeias, depois de a Grécia ter deixado cair o perdão de dívida. Todos os principais índices sobem mais de 1%. Por cá, BCP e BPI valorizam mais de 3%, impulsionando os ganhos do PSI-20.

Bloomberg
Rita Faria afaria@negocios.pt 03 de Fevereiro de 2015 às 09:48
  • Assine já 1€/1 mês
  • 37
  • ...

A bolsa nacional está a acentuar os ganhos da abertura, com o PSI-20 a avançar 1,5% para 5.291,51 pontos. Apenas uma cotada segue em terreno negativo – o Banif – que contraria o sentimento das congéneres do sector financeiro.

 

Na Europa, os principais índices sobem, igualmente, mais de 1%, com os investidores mais confiantes em relação ao futuro da Grécia. Ontem, o ministro das Finanças de Atenas garantiu, em entrevista ao Financial Times, que o país já não pede perdão de dívida, mas quer que os empréstimos concedidos pelos outros Estados europeus sejam reembolsados em função da taxa de crescimento da economia grega. O optimismo é evidente no desempenho da bolsa de Atenas, que valoriza nesta altura mais de 7%.

 

Na bolsa nacional, é sobretudo a Galp Energia e as cotadas do sector financeiro que impulsionam os ganhos. Na banca, o BPI avança 3,86% para 86 cêntimos enquanto o BCP ganha 3,09% para 6,7 cêntimos, depois de, ontem, ter apresentado os resultados relativos ao último trimestre do ano passado.

 

O BCP registou prejuízos de 217,9 milhões de euros no exercício de 2014. O número fica ligeiramente acima dos 203 milhões de euros estimados pelos analistas consultados pela Reuters. Ainda assim, é mais de três vezes inferior ao resultado líquido negativo de 740,5 milhões alcançados em 2013. 

 

Já a Galp Energia valoriza 2,38% para 10,02 euros, numa altura em que os preços do petróleo seguem em alta nos mercados internacionais. O Brent, o petróleo de referência para Portugal, sobe 2,96% para 56,37 dólares por barril, o valor mais elevado desde o início de Janeiro.

 

Ainda na energia, a EDP Renováveis ganha 1,03% para 5,961 euros, a EDP valoriza 0,8% para 3,388 euros e a REN sobe 1,11% para 2,54 euros.

 

Destaque também para a Mota-Engil, que regista ganhos expressivos esta terça-feira. A construtora avança 5,02% para 2,909 euros, enquanto a sua congénere, a Teixeira Duarte, sobe 1,12% para 72,3 cêntimos.

 

No retalho, a Sonae avança 2,07% para 1,183 euros e a Jerónimo Martins soma 1,39% para 10,245 euros.

 

Em queda segue apenas o Banif, que desliza 1,67% para 0,6 cêntimos.

 

Ver comentários
Saber mais Europa Atenas economia negócios e finanças bolsa Galp Energia BPI BCP
Mais lidas
Outras Notícias