Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Banca fecha torneira às empresas

Os bancos estão a dificultar o acesso ao crédito por parte das empresas. Taxas de juro mais altas, pedidos de mais garantias e imposições de outras condições contratuais são alguns dos pontos admitidos pelos bancos.

Sara Antunes saraantunes@negocios.pt 13 de Novembro de 2008 às 00:01
  • Partilhar artigo
  • 2
  • ...
Os bancos estão a dificultar o acesso ao crédito por parte das empresas. Taxas de juro mais altas, pedidos de mais garantias e imposições de outras condições contratuais são alguns dos pontos admitidos pelos bancos.

O Negócios sabe que os aumentos dos "spreads" dos bancos para o financiamento de empresas oscilam entre os 25 pontos base e os 100 pontos base, o que significa que uma empresa que tenha um "spread" de 1,5% poderá passar a pagar até 2,5% de "spread".

No inquérito do Banco de Portugal aos bancos sobre o mercado de crédito, as instituições financeiras admitiram que as condições de acesso ao crédito foram apertadas, com os "spreads" a aumentarem devido às dificuldades que os próprios bancos têm no acesso ao crédito e, também, à instabilidade económica.

Os aumentos dos "spreads" variam entre 25 pontos base e 100 pontos base, de acordo com fontes do sector bancário contactadas pelo Negócios, que ressalvam que estes acréscimos não reflectem completamente o agravamento do custo de financiamento dos próprios bancos. E a tendência de aumento dos "spreads" poderá não ter terminado, uma vez que o sistema financeiro ainda não estabilizou.

logo_empresas
Ver comentários
Outras Notícias