Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Bancos já leiloaram mais de 1.500 casas penhoradas este ano

2011 será um ano de recordes de leilões de imóveis penhorados. É o que revela o balanço dos leilões de imóveis penhorados pela banca, nos primeiros meses do ano.

Andreia Major amajor@negocios.pt 30 de Maio de 2011 às 09:02
  • Partilhar artigo
  • ...
Nos primeiros meses do ano, o número de imóveis penhorados cresceu drasticamente, e a tendência continua, segundo o "Jornal i".

O crédito malparado na habitação, que atingiu os 1,96 mil milhões de euros em Março, antecede e prevê a realidade dos leiloes de imóveis penhorados, num esforço dos bancos limparem os seus balanços do malparado.

O balanço não deixa margem para dúvidas e 2011 será um ano de recordes nesta prática.

Os bancos estão a tentar resolver a sua situação de crédito malparado com o lançamento de campanhas com preços mais baixos e crédito mais fácil, através da força das leiloeiras, de acordo com o “Jornal i”.

As zonas onde mais se verifica esta tendência são os subúrbios de Lisboa e do Porto. Os bancos estão, assim, a tentar resolver o seu problema com o crédito malparado e lançam campanhas de “oportunidades”, ou “saldos”, estabelecendo parcerias com empresas de mediação imobiliárias.

Nestes programas conseguem-se imóveis com descontos superiores a 30%, spreads mais baixos, financiamento a 100% e isenção de várias despesas. O objectivo dos bancos é apenas um: limpar os balanços da dívida em incumprimento.

A Luso-Roux e a Euro Estates são as duas leiloeiras especializadas neste segmento, e desde Janeiro já fizeram venderam 1550 imóveis. O calendário dos leilões até ao final do ano já está muito preenchido e desde o início do ano já foram realizados 22 leilões.




Ver comentários
Saber mais imobiliário penhoras casas banca leilões
Outras Notícias