Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Banif eleva preço alvo para EDP nos 2,26 euros, reitera «compra»

O Banif elevou o preço alvo da EDP dos anteriores 2,14 para 2,26 euros, reiterando a recomendação de «compra». Os analistas louvam a decisão da ERSE de repercussão dos custos de reestruturação nas tarifas.

Bárbara Leite 21 de Agosto de 2003 às 12:06
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
O Banif Investimentos elevou o preço alvo da Electricidade de Portugal (EDP) dos anteriores 2,14 para 2,26 euros, reiterando a recomendação de «compra». Os analistas louvam a decisão da Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE) de repercussão dos custos de reestruturação nas tarifas.

Num estudo datado de ontem, os analistas do Banif salientam que «desde a assunção de João Talone na presidência executiva, a EDP tem vivido alterações notáveis, dia após dia. No entanto, os resultados tardam em aparecer e a nova administração tem ainda que provar a sua capacidade».

O Banif aumenta em 5,6% o preço alvo a 12 meses para a eléctrica, o que contempla um potencial de valorização de 11,88% face à cotação de hoje.

Em destaque, o Banif realçou a recente decisão tomada pela ERSE de passar os custos de 2003 e 2004 para as tarifas praticadas ao consumidor final.

Ainda por avançar estão algumas decisões estratégicas, sobretudo, em relação às actividades no Brasil. O grupo tem ainda que divulgar a proposta que efectuou para a troca de activos no mercado brasileiro, com vista à rentabilidade daqueles investimentos.

Em Espanha, o Banif «não espera qualquer alteração estratégica e acredita que, em breve, o Governo desbloqueie a limitação de votos na HidroCantábrico e de seguida a eléctrica queira compra os restantes 35% na posse da EnBW».

Os analistas não acreditam que este reforço ocorra num prazo de «seis a nove meses».

Por resolver, está ainda a transferência dos activos de gás natural agora na posse da Galp Energia para a EDP. O Banif lembrou que Talone não se propõe a oferecer mais capital além da posição de 14% que a EDP detém na empresa liderada por António Mexia.

As acções da EDP cotavam nos 2,02 euros, a subir 0,50%.

Ver comentários
Mais lidas
Outras Notícias