Research Bankinter vai cobrir 15 cotadas portuguesas para investidores particulares

Bankinter vai cobrir 15 cotadas portuguesas para investidores particulares

Contrariando a tendência de menor cobertura das cotadas portuguesas por parte dos analistas, o Bankinter pretende triplicar o número de empresas do PSI-20 com notas de research.
Bankinter vai cobrir 15 cotadas portuguesas para investidores particulares
João Pisco é um dos analistas que segue as cotadas portuguesas no Bankinter
Nuno Carregueiro 28 de outubro de 2019 às 09:25

O Bankinter anunciou esta segunda-feira que pretende reforçar a cobertura de "research" na bolsa nacional. O objetivo passa por produzir research para 15 cotadas, contras as atuais cinco.

 

Uma decisão que surge em contraciclo com a tendência dos últimos tempos, já que a produção de research para as cotadas nacionais tem vindo a diminuir nos últimos anos.

 

O caso mais relevante aconteceu há poucas semanas, quando o Haitong anunciou aos seus clientes que iria abandonar o research do mercado português. O antigo BES Investimento era um dos bancos mais ativos no acompanhamento de títulos no mercado nacional, que tem agora apenas dois bancos a fazer uma cobertura alargada das cotadas portuguesas (CaixaBI e CaixaBank/BPI). 

 

O espanhol Bankinter, que cresceu na banca portuguesa depois de ter comprado a unidade do Barclays no país, posiciona-se agora para ocupar o lugar deixado vago pelo Haitong. Mas o posicionamento do Bankinter é bem diferente, sobretudo porque o banco espanhol deixa claro que os destinatários das suas notas de "research" são os investidores particulares (e não os institucionais, como a maioria dos bancos).

 

Prova disso é que o Bankinter tem na sua página na Internet uma área onde disponibiliza as notas de research que elabora para as cotadas portuguesas. O que constitui uma prática pouco habitual, sobretudo depois de uma diretiva europeia ter restringido a divulgação de notas de research para quem não paga pelo serviço. O Negócios não confirmou o intervalo de tempo entre o envio das notas de research aos clientes e a sua publicação no site. 

 

Para já o Bankinter começou a cobrir cinco cotadas (Altri, BCP, Galp, Navigator e Nos), sendo que "nos próximos meses estima-se que esta cobertura seja alargada a 15 títulos" do PSI-20, refere um comunicado do banco. O banco tem uma recomendação "neutra" para a Navigator e de "comprar" para as restantes quatro cotadas portuguesas que segue.

 

Outra diferença nas notas de "research" está no conteúdo ser disponibilizado em português e não inglês (como a esmagadora maioria das notas de "research" produzidas atualmente).

 

A área de research do Bankinter, segundo o comunicado do banco, é liderada por Ramón Forcada e composta por 13 analistas, sendo que a análise do mercado português está a cargo de João Pisco e Rafael Diogo.

 

Vítor Pereira, Diretor de Produtos, CRM e Marketing e membro da Comissão Executiva do Bankinter Portugal salienta que "a cobertura da bolsa portuguesa é um serviço diferenciador" e visa reforçar "os instrumentos que o banco coloca à disposição dos investidores, que passam assim a poder contar com informação sobre empresas cotadas no PSI-20".




pub

Marketing Automation certified by E-GOI