Bolsa BCP cai mais de 3,5% e leva bolsa a liderar perdas na Europa

BCP cai mais de 3,5% e leva bolsa a liderar perdas na Europa

A bolsa nacional fechou o dia a cair mais de 1%, numa sessão marcada pela descida acentuada do BCP, mas também dos CTT. Na Europa também foi o vermelho que imperou.
A carregar o vídeo ...
Sara Antunes 19 de fevereiro de 2018 às 16:44

O PSI-20 recuou 1,27% para 5.435,65 pontos, com 12 cotadas em queda, cinco em alta e uma inalterada. Entre os congéneres europeus a tendência também é de quedas, num dia em que as bolsas dos EUA estão encerradas devido às comemorações do nascimento do primeiro presidente do país, George Washington. O índice português foi o mais penalizado da Europa, embora seja também dos poucos que mantém um saldo positivo em 2018. 


A contribuir para este desfecho da bolsa nacional esteve, novamente, o BCP, cujas acções deslizaram 3,57% para 0,2945 euros. Assim como os CTT, que cederam 2,56% para 3,312 euros. 

A queda das acções da Pharol de 3,88% para 0,223 euros, também ajudou a este desempenho da praça lisboeta.

Destaque também para a Semapa, que subiu 0,67% para 18,12 euros, depois de na sexta-feira, 16 de Fevereiro, ter revelado que fechou 2017 com um lucro de 124,1 milhões de euros, o que corresponde a um aumento de 8% face ao no anterior. Os resultados foram assim bem recebidos pelos investidores. Entre os analistas, o BPI elogiou os resultados alcançados pela Semapa, destacando a melhoria da dívida superior ao esperado.

Ainda a pesar na negociação esteve a Jerónimo Martins, que recuou 1,31% para 17,355 euros, uma tendência partilhada pela Sonae SGPS, que cedeu 0,89% para 1,223 euros.

As quedas foram assim generalizadas na praça lisboeta, tendo escapado poucas cotadas. A contrariar, além da Semapa, estiveram a Corticeira Amroim, a Navigator, a Altri e a Novabase.

(Notícia actualizada com mais informação)




A sua opinião22
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
comentar
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
mais votado Isto é tão fácil 19.02.2018

BCP desce mais um bocado: volta-se a comprar. Chega perto dos 33: volta-se a vender.

Assim não custa nada. É sempre a faturar. Fácil, fácil.

comentários mais recentes
Então e a nossa Pharol? 19.02.2018

Já vale 1€? Não? Nem metade? Nem metade de metade? Não estava nada à espera... Uma empresa tão boa.

Já agora: faz o quê a Pharol? Acho que é Assembleias Gerais e processos em Tribunal. Grande empresa. Amanhã compro mais.

Re: Ái o meu rico BCP. Onde é que isto vai parar.. 19.02.2018

Estamos juntos. Acabou de sair um novo X4. Não preciso de muito para ser feliz.... Se o BCP voltar aos 33, ou próximo disso, lá vamos nós fazer nova visita ao stand... Mas parece que isto está a correr mal para os acionistas do BCP. Devem ser outros...

Ái o meu rico BCP. Onde é que isto vai parar... 19.02.2018

Já só sobe 10% este ano. Mas que grande miséria e que pouca vergonha. É que se só subir 10% a cada mês e meio so vai valorizar prái uns 80% este ano. Muito pior que o ano passado quando subiu 100%. E eu queria trocar outra vez de carro este ano... Queres ver que vou ter de ir trabalhar?

Isto é tão fácil 19.02.2018

BCP desce mais um bocado: volta-se a comprar. Chega perto dos 33: volta-se a vender.

Assim não custa nada. É sempre a faturar. Fácil, fácil.

ver mais comentários
Saber mais e Alertas
pub