Mercados BCP regressa ao principal índice europeu 19 meses depois

BCP regressa ao principal índice europeu 19 meses depois

O Stoxx600 passará a contar com a presença de quatro cotadas portuguesas. O BCP junta-se à Galp Energia, EDP e Jerónimo Martins.
BCP regressa ao principal índice europeu 19 meses depois
Miguel Baltazar
Nuno Carregueiro 01 de março de 2018 às 18:35

A empresa gestora do índice Stoxx Europe 600 vai adicionar o Banco Comercial Português à carteira a partir do dia 19 de Março.

 

De acordo com a lista divulgada pela gestora referente a Fevereiro, e que foi agora tornada pública, o BCP surge na posição 491, sendo que o índice que é dos mais seguidos pelos investidores para medir o desempenho das bolsas europeias é composto pelas 600 maiores cotadas da região.

 

Ao contrário do que fazia no passado, a gestora do índice já não comunica publicamente as alterações que faz à carteira do índice. Segundo fonte do BCP, a companhia informa os constituintes das alterações, tendo referido ao banco liderado por Nuno Amado que a entrada das acções do banco no Stoxx600 será efectivada a partir de 19 de Março.

 

A entrada do BCP marca o regresso do banco a um índice que integrou durante bastante tempo. Foi em Agosto de 2016 que o BCP foi removido, sendo que nessa altura as acções registavam um desempenho negativo em bolsa.  

 

O aumento de capital realizado no arranque de 2017 elevou a capitalização bolsista do banco e o desempenho dos títulos. A prestação levou o BCP a passar a ser a cotada com maior peso no PSI-20 (em Fevereiro estava próximo dos 20%) e agora a entrar naquele que é o índice de referência na Europa.

 

Portugal passará assim a ser representado no Stoxx600 por quatro cotadas, pois a Galp Energia, EDP e Jerónimo Martins já integram a carteira.  

 

Segundo a lista agora publicada, a Galp Energia ocupa a posição 252, a EDP 258 e a Jerónimo Martins a 390.

 

A Nos (posição 776), a EDP Renováveis (835), Sonae (855),  Navigator (856), REN (891), CTT (963) e Altri (973) são as restantes cotadas portuguesas que aparecem na lista de Fevereiro e que estão assim mais bem colocadas para integrar o Stoxx600.




A sua opinião15
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
comentar
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
mais votado 0.35 01.03.2018

Grande noticia.... se voltarmos ao passado provalvelmente vai subir 10% minimo...

comentários mais recentes
Anónimo 02.03.2018

Acabo de ler o depoimento do administrador do BCP Miguel Maya na operação FIZZ e nåo posso acreditar. Como é possível tanta imbecilidade.

Anónimo 02.03.2018

dia 19 de março BCP = 0.50 Há 2 horas
DIA do PAI será o dia do MILENIUM BCP nesse dia irá ULTRAPASSAR os 0.50 por ação:

quem me dera!

dia 19 de março BCP = 0.50 02.03.2018

DIA do PAI será o dia do MILENIUM BCP nesse dia irá ULTRAPASSAR os 0.50 por ação

o senhor dragi é um MONTE de TRAMPA 02.03.2018

snhor DRAGI do BCE deveria aprender com os AMERICANOS e já deveria ter começado a subir juros tal como os ALEMÃES e os FRANCESES querem mas ele é uma TRAMPA e a bolsa dos EUA qualquer dia está em MÁXIMOS outra vez e na EUROPA é a SHEET que se VÊ

ver mais comentários
pub